publicidade

O Sport Clube União Torreense vai estar entre os maiores do futsal nacional a convite da FPF para preencher uma vaga na Liga Placard 2021/22.

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) revelou ontem, em comunicado, a avaliação dos processos de licenciamento para a primeira divisão de futsal.

Como o Ladoeiro, do concelho de Idanha-a-Nova, que no domingo se sagrou campeão nacional da II Divisão de futsal, falhou o cumprimento dos requisitos para participar na Liga de futsal, assim como o finalista vencido, o Amarense, da Batalha, ficaram duas vagas por preencher.

Essas vagas já têm ocupantes: o grupo Nun’Alvares, de Fafe, que foi eliminado pelo Ladoeiro, nas meias-finais e pelo Torreense, que foi afastado, nos quartos de final, pelo emblema fafense.

“Um trabalho exaustivo que começou em 2018 na 2ª Divisão da AFL e que ao fim de três temporadas, leva o SCUT à elite da modalidade”, pode ler-se na publicação do clube de Torres Vedras nas redes sociais.

Neste processo iniciado durante a época 2020/21, 187 clubes apresentaram candidaturas a estas competições, tendo sido licenciados 126 emblemas, um número que inclui mesmo os que não detinham direito de desportivo de participar nelas.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here