ESCO desenvolve projeto de Intercâmbio de Turismo Portugal-Holanda
publicidade

Muitas foram as perspetivas registadas pelos alunos que asseguravam a recolha das imagens e outros conteúdos para o Guia de Viagem que resultará como produto final.

No contexto de uma relação de parceria já existente há alguns anos entre a ESCO e a escola holandesa SCALDA, foi desenvolvido o projeto de intercâmbio entre alunos do Curso Técnico de Turismo, tendo decorrido a primeira parte do mesmo em abril passado com a receção da comitiva de alunos holandeses em Torres Vedras. De 5 a 9 de novembro foi o momento dos jovens portugueses se deslocarem à Holanda.

Esta iniciativa, designada por “Open arms and Open minds” tem como objetivo a dinamização de um projeto académico transdisciplinar que permita Trabalhar o Turismo enquanto atividade de acolhimento por excelência (“open arms” – braços abertos), de multiculturalidade, de tolerância e de riqueza na diferença (“open minds” – mentes abertas).

Adicionalmente, é pretendido que os alunos compreendam o Turismo enquanto “indústria da Paz”, tal como a OMT também o assume –  OMT «Tourism, a catalyst for development, peace and reconciliation». Este projeto, para além da integração de competências interdisciplinares, pressupôs ainda um intercâmbio internacional entre alunos dos Cursos Profissionais de Turismo Portugal – Holanda, sendo na Fase I (2017/18) Portugal o país de acolhimento e na Fase II (2018/19) a Holanda.

Assim, os jovens futuros técnicos de turismo puderam usufruir de uma visita de campo com a duração de 5 dias que os levou a diversas cidades na região costeira (Vlissingen, Veere e Middelburg, onde está sediada a escola parceira) e ainda à cosmopolita Roterdão e à incontornável Amesterdão.

Muitas foram as perspetivas registadas pelos alunos que asseguravam a recolha das imagens e outros conteúdos para o Guia de Viagem que resultará como produto final.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here