Foto: Gazeta das Caldas

O pavilhão de feiras das Caldas da Rainha vai transformar-se, durante 10 dias, num restaurante com 1.200 lugares onde, entre 07 e 16 de agosto, são esperados cerca de 200 mil visitantes.

A expetativa dos organizadores é de que “20 mil visitantes passem diariamente pelo Pavilhão de Feiras e Exposições da Expoeste”, para a Expotur – Festa de Verão.

O evento, organizado pela Câmara das Caldas da Rainha e pelas 12 juntas de freguesia do concelho, transforma os 10 mil metros quadrados do pavilhão de feiras num grande restaurante com 21 tasquinhas, a que se juntam 107 pavilhões de exposição.

No espaço, que nas edições anteriores tem atraído já cerca de 200 mil visitantes, terá lugar “uma exposição das potencialidades do associativismo concelhio” e a “apresentação das especialidades gastronómicas vindas dos mais recônditos lugares das freguesias”, refere a organização numa nota enviada às redações.

A gastronomia assume-se como um dos pontos mais fortes do evento, onde o público encontrará, por exemplo, os famosos chícharos (um leguminoso de origem árabe) com respos e iguarias do mar e da lagoa de Óbidos, como as enguias, mariscos e bivalves.

Outro dos pontos altos da Festa de Verão acontecerá a 12 de agosto, dia dedicado aos emigrantes, para os quais a autarquia reserva um programa especial que inclui um almoço.

O encontro conta tradicionalmente com mais de 1.000 participantes, oriundos de vários países do mundo.

No certame estão representadas todas as freguesias do concelho e a grande maioria das associações e coletividades, que dinamizam as tasquinhas.

As entradas na Expotur – Festa de Verão são gratuitas.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here