publicidade

A cerimónia contou com a presença do ministro do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro.

Na véspera do Dia Internacional da Reciclagem, o novo ecocentro e estação de transferência de resíduos sólidos urbanos da Valorsul, em Matos Velhos, Paúl, Torres Vedras, foi inaugurado na presença do ministro do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro.

Trata-se de um investimento de 2,8 milhões de euros por parte da Valorsul, sem o contributo de verbas europeias. A instalação foi erguida no atual estaleiro municipal.

O ministro do Ambiente e da Ação Climática destacou o facto de esta instalação ser “um claro exemplo para todos” uma vez que terá um “efeito muito positivo ao nível da redução de dióxido de carbono, com a redução de quilómetros de veículos pesados“.

Um ponto também destacado pela presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras: “Só para a recolha, as viaturas municipais faziam por dia 1.300 quilómetros e, com esta estação, passam a fazer cerca de 700“, salientou Laura Rodrigues.

A autarca frisou ainda que se trata “de uma obra muito desejada, pelo menos há 23 anos“, desde que foi construído o aterro sanitário do Oeste no Cadaval.

A infraestrutura vai receber 35 mil toneladas de resíduos por ano. Com o encerramento do Ecocentro Municipal, os resíduos recicláveis passam a ser depositados no Ecocentro da Valorsul, já a partir de quarta-feira, a funcionar na Estação de Transferência e Ecocentro de Torres Vedras hoje inaugurada.

O Ecocentro da Valorsul irá funcionar de segunda-feira a sábado, das 8h00 às 18h00. Trata-se de um serviço gratuito onde podem ser depositados pela população os seguintes materiais:

  • Papel / Cartão;
  • Embalagens de Vidro;
  • Embalagens Plásticas;
  • Embalagens Metálicas;
  • Madeiras e Paletes;
  • Pilhas;
  • Baterias;
  • Equipamentos elétricos e eletrónicos;
  • Lâmpadas fluorescentes;
  • Rolhas de cortiça;
  • “Monstros” domésticos (sofás, colchões, móveis ou outros resíduos volumosos);
  • Resíduos verdes.

É um compromisso de longa data para com o município de Torres Vedras“, disse a presidente da comissão executiva da Valorsul, Marta Neves, justificando que este investimento vai permitir ao município “aumentar a sua eficiência, ao poupar nos gastos com a recolha e transferência de resíduos“.

A estação de transferência tem capacidade para receber até 200 toneladas de resíduos por ano e 189 toneladas/dia.

Por dia, são recolhidas 100 toneladas de resíduos indiferenciados no concelho de Torres Vedras.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here