publicidade

Hoje escrevo eu…Samba da Matrafona – ou o Carnaval de Torres no Mundo!

Parabéns Susana Félix!!!

Por desafios profissionais, pessoais ou outros por vezes de somenos importância, não utilizo este espaço ultimamente com a frequência que desejava, mas o samba desafiou-me a escrever umas pequenas e modestas linhas em favor daquela que é na minha opinião a “grande alavanca” para que o Mundo ponha definitivamente os olhos no nosso Carnaval!

Começo com o que quero dizer…

Gosto do Samba da Matrafona…está com gosto, com qualidade, com magia, com autenticidade, com sentido, com festa, com ritmo, com personalidade, com cor, com AMOR…e tenho “inveja” de não ter participado no processo…inveja da boa que se mistura com Orgulho de ser Torriense e ter sido uma “miúda” da minha geração a ter este rasgo maravilhoso!

Ouvimos e sentimos que é nosso, a nossa história, as nossas ruas, o nosso dia que se mistura com a noite, as nossas personagens, as nossas vidas, a nossa alegria, a nossa “saudade” até! …

Só dá vontade de ouvir, com o volume bem alto, decorar a letra, mostrar a um amigo a outro, e ainda a outro…e sentir um orgulho tremendo porque é NOSSO!!!

Transporta-nos para a juventude, mostra-nos a tradição, quebra as barreiras geracionais…mas quebra também o tabu, do Carnaval de Torres por fim assumir que tem SAMBA!!!

Sim, assumir que tem samba…e pode ser o mais português de Portugal com Samba!!! E é esta a grande conquista do “Samba da Matrafona”! Parabéns a ti Susana por resolveres tão facilmente um dos nossos maiores problemas dos últimos anos em termos de comunicação.

Fazer ver, crer, e convencer, explicar pela música as nossas diferenças culturais, o porquê do nosso Amor ao Carnaval, o porquê de como o Nosso não haver outro igual, o porquê de ao primeiro acorde já sabermos que o que vem a seguir, é bom, muito bom por sinal, e que já acompanha todos os foliões do nosso Carnaval no dia a dia.

A Susana Félix conseguiu em pouco mais de quatro minutos o que gerações não conseguiram…enaltecer o Carnaval de Torres com um Samba, quando procurávamos todos um não sei o quê que nunca foi encontrado com música portuguesa…uma justificação para o “Mais Português de Portugal” ser 100% português até na música…visível e audível num esforço desenfreado nos últimos anos em musicar vídeos promocionais do Carnaval com o fungagá da bicharada, a cantiga do chouriço ou esta vida de marinheiro…e para quê? Para sermos reconhecidos no exterior? Para justificar um slogan? Para responder à comunicação social com provas do nosso portuguesismo??? Não foi preciso nada disto…a Susana provou que estávamos errados e quem nela acreditou assumiu e muito bem que não é a música que vai credibilizar um slogan! Parabéns pela coragem!

Mais ainda…parabéns pela letra, pela escolha do Zeca Pagodinho e do Emicida…ui que gerações tão díspares mas que colam tão bem, sinal dos tempos modernos, e que levam o Samba da Matrafona para a galeria dos MELHORES hinos carnavalescos que DJ que se preze tem na sua lista de hits a passar nos 57 assaltos antes do Carnaval e nas noites intermináveis de folia! Se a “Explosão”, o “Sangue de Jesus tem poder”, e outras que tais tocavam (e tocam) 5 vezes por noite…então meus amigos…o Samba da Matrafona tem de tocar 10…no mínimo…e sempre que o Tó’Candar sair à rua a Susana tem de lá estar para cantar o tema com a Banda residente…estou certo que para ela será uma honra, um privilégio, e que os milhares de foliões vão ficar em êxtase com esta prenda que o Carnaval de Torres nos pode dar!

Agora, e com esta música, além dos ouvidos temos os olhos do Mundo de língua portuguesa no nosso Carnaval…querem saber quem somos, porque somos diferentes, como é a paixão com que vivemos e experienciamos esta época do ano, o que é uma matrafona, onde é a Caravela o Túnel e a praça, porque não dormimos, porque é que cada vez mais há um Carnaval em Portugal que deve ser visitado, vivido e contado…bem…contado não, porque só quem vem ao Carnaval de Torres sabe o que é!!! Por tudo isto obrigado Susana Félix!

Um milhão de pessoas já viu, ouviu, ou partilhou…e o Carnaval ainda não começou…estão a perceber o impacto e o alcance que tem esta música? Que o investimento (que não sei quanto foi, nem me interessa) está mais que justificado?!
Que todos os Carnavais do nosso país quando fizeram músicas optaram por “sambas de enredo” ou “pimbas”? – NÓS NÃO!!! Até aqui somos diferentes, PARA MELHOR!

Obrigado a ti Susana Félix por saberes como nós quem são as Matrafonas, como é o Entrudo Português, o que é ser torriense, e por teres até bem presente a “batida dos Zés Pereiras”, esse ritmo tão característico do nosso Carnaval!

Parabéns à Organização (Câmara Municipal e Promotorres) pelo arrojo e bom gosto!

Parabéns a todos os torrienses que fazem do Nosso o melhor Carnaval do Mundo!!!

PS – espero que nenhum mete discos estrague esta MÚSICA com uma batida qualquer “manhosa”…

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.