Exposição
publicidade

“Encadeamento Envoltório” de Tiago Margaça é uma exposição com peças de cerâmica artística, escultura em pedra e desenhos de luz que apresentam como ponto central o encadeamento envoltório originado pela adição ou subtração de matéria.

“Encadeamento Envoltório” refere-se à forma do que nos rodeia como algo que é feito a partir de camadas. O trabalho do artista desenvolve-se a partir da mesma lógica como uma semente que se alimenta a si própria do que a rodeia, e que aceita o erro como parte do processo de encadeamento envoltório que, por sua vez, lhe proporciona um permanente estado de mutação ad infinitum.

A exposição inaugura a 12 de outubro de 2019 e estará patente até 10 de novembro no espaço Casa Azul, Rua Tenente Valadim, 17, 2.o Andar, Torres Vedras.

O espaço Casa Azul tem como objetivo apresentar uma programação de artes plásticas contemporâneas com envolvimento da comunidade local.

Tiago Margaça é artista plástico multifacetado. Formado em escultura na Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha em 2009, ganhou o prémio Ariane de Rothschild 07, quando ainda estudava. A partir daí teve um intenso caminho profissional, onde fez residência artística na Slade School of Arts e participou em várias exposições individuais e coletivas entre Londres e Lisboa. O seu interesse por película levou-o a ir para Berlim em 2009, onde residiu e trabalhou no laboratório mais importante da Europa, ANDEC. Foi também nesta mesma altura que se dedicou ao projeto musical Musgos. Depois de muitos concertos por Alemanha, Itália e Portugal, gravou recentemente o primeiro álbum.

A EMERGE – Associação Cultural foi fundada em setembro de 2016 em Torres Vedras. Tem como principal objetivo a promoção da arte contemporânea, com principal enfoque na arte emergente. Desenvolve trabalho de curadoria, consultoria e comunicação para o mercado da arte.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here