Fábrica das Histórias apresenta os projetos desenvolvidos em exposição
publicidade

A exposição Tudo e mais alguma coisa vai ser inaugurada no próximo dia 25 de maio, sábado, às 17h30, na Fábrica das Histórias – Casa Jaime Umbelino.

A exposição Tudo e mais alguma coisa vai ser inaugurada no próximo dia 25 de maio, sábado, às 17h30, na Fábrica das Histórias – Casa Jaime Umbelino. A mostra, que estará patente até 29 de junho, é uma junção de vários projetos desenvolvidos ao longo deste ano letivo e que culminaram num conjunto de exposições.

Emocionário é a exposição do livro construído pela Fábrica das Histórias – Casa Jaime Umbelino e trabalhado durante o ano letivo de 2018/19 no projeto “Tricontando”. O objetivo deste trabalho foi defender a felicidade como um princípio, uma bandeira e um destino da vida de todos os dias.

“Histórias com pernas para andar” é um projeto de leitura e narração do livro A Rosinha, o Mar e os Sonhos, de Rosário Alçada Batista, com ilustrações de Catarina França, em escolas do 1º ciclo. A narração de histórias em escolas de 1º ciclo é um exercício de liberdade capaz de acordar, nas crianças, novos interesses, pensar novos valores, desafiar  limitações e, sobretudo, despertar o poder da fascinação pelo livro e pela leitura.

Este projeto, que resultou de uma parceria com o Banco Local de Voluntariado, contou com a participação da Escola Básica de A dos Cunhados, Escola Básica e Jardim de Infância da Fonte Grada, Escola Básica de Torres Vedras, Escola Básica e Jardim de Infância da Ventosa, Escola Básica e Jardim de Infância da Assenta, Centro Educativo da Carvoeira, Centro Educativo de Monte Redondo e Centro Educativo de Dois Portos.

Mala Aviada é uma mostra de um conjunto de maletas pedagógicas destinadas a crianças e jovens de diferentes graus de ensino, com propostas para uma escola mais aventureira e desperta para a agitação artística e científica.

Na boca do Lobo – Enredo de meter medo é uma exposição de uma caixa criativa feita para despertar o desassossego e levar as crianças a escreverem histórias de meter medo. 

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here