Festas da Cidade: Susana Félix junta-se às tasquinhas, aos acordeões e ao desporto
publicidade

As Festas da Cidade de Torres Vedras decorrem entre 27 de Outubro e 12 de Novembro. A apresentação do programa decorreu esta manhã no Auditório dos Paços do Concelho, e Carlos Bernardes, Presidente da Câmara Municipal, sublinhou a continuidade da aposta “na sua diversidade, que assenta num conjunto de acções muito transversais mas que tem como objecto principal a promoção dos produtos locais.” Isto porque, às tradicionais tasquinhas onde se pode provar os petiscos da região, juntam-se os festivais do vinho e do pastel de feijão, assim como a mostra de uvada, que irão dar vida ao Pavilhão Multiusos da Expotorres durante estes dias.

“O desafio é tentar levar as Festas da Cidade a outros pontos do concelho na próxima edição” revelou Carlos Bernardes. O edil destacou ainda o esforço “para que haja uma correlação entre o dia 27, de São Gonçalo, e o dia 11, de São Martinho.” Assim, o “S. Martinho Compras e Vinho” está marcado para dia 4 de Novembro, com animação nas ruas da cidade, provas de vinhos e castanhas assadas, entre as 21h30 e a meia-noite. Um dos momentos que, segundo o autarca, pretende promover o “convívio entre a comunidade” torreense.

Também Ana Umbelino afirmou a importância de “sair para a rua e ir ao encontro das pessoas.” A vereadora da cultura falou de uma “programação ecléctica” e destacou o Festival Acordeões do Mundo como uma “marca diferenciadora do nosso território.” Acordeonistas do Líbano, do Egipto e do Brasil juntam-se aos artistas lusos que compõem a programação deste ano, que se divide entre quatro concertos no Teatro-Cine e 17 Merendas do Acordeão em cafés e espaços hoteleiros do concelho. Uma aposta na “vivificação do centro histórico da cidade” que parece continuar nos planos da autarquia.

“Este formato de organização, com todo o envolvimento que tem, é um factor de valorização e engrandecimento que merece realce” defendeu César Costa, Presidente da Promotorres. Com o orçamento a rondar os 150 mil euros, este é um programa que, segundo Ana Umbelino, “cruza o imaginário rural com a contemporaneidade”, com exposições que vão desde o Atelier dos Brinquedos à mostra de máquinas agrícolas antigas que irá decorrer na Expotorres. No plano desportivo, a Rota das Adegas, para os amantes do BTT, e a Rota dos Morangos, para os apaixonados por caminhadas, são alguns dos destaques. Destaque ainda para o concerto da brasileira Don La Nena, a 11 de Novembro, no Teatro-Cine. À semelhança dos anos anteriores, cabe ao Festival das Vindimas encerrar os festejos torreenses. A eleição da Miss Vindimas 2016 decorre no dia 12 de Novembro e conta com o concerto de Susana Félix.

 

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here