Filho de torrienses criou
publicidade

O lusodescendente francês, Davy Ramos, cujos pais são oriundos de Torres Vedras, desenvolveu o ‘smart jarvis’, um mordomo virtual para gerir em casa a electricidade, a temperatura, os estores eléctricos e os sistemas de alarme.

6 de Julho é a data marcada para o lançamento do “modormo” virtual para todo o mundo, que promete melhorar a vida dentro de casa, criado pelo lusodescendente francês, Davy Ramos.

Davy Ramos criou um sistema inovador, na área da inteligência artificial, para ter em casa, o chamado “smart jarvis”, um mordomo virtual inovador para gerir em casa a electricidade, a temperatura, os estores eléctricos e os sistemas de alarme, videovigilância e detecção de presença.

“É um mordomo que aprende as rotinas diárias dos residentes e, por exemplo, se chego a casa às 18 horas, pode às 17:45 ligar automaticamente o aquecimento ou o ar condicionado, as luzes, abrir os estores e desligar o alarme e sistema de controlo de presenças”, explica Davy.

Em 10 meses, Davy Ramos, 29 anos, desenvolveu o projecto mySmartJarvis, registou dez patentes e já conquistou a multinacional norte-americana Apple.

“As pessoas podem aproveitar de outra maneira o tempo que gastavam nessas tarefas” refere o lusodescendente, cujos pais são ambos oriundos de Torres Vedras.

A plataforma digital é instalada no quadro eléctrico da habitação e pode ser programada por telemóvel.

O português João Amador, 46 anos, do Barreiro, depois de se associar à equipa tornou-se no director para Portugal e países lusófonos.

“Este produto vai ter acesso à minha agenda e, se tenho o despertador a tocar às 06:30, vai levantar as persianas” [substituindo os despertadores] ou vai detectar a minha saída de casa e desligar as luzes”, exemplifica João Amador.

Após o lançamento, a tecnologia vai ser comercializada nos países europeus, lusófonos e ainda na Tunísia e Marrocos a um custo de 750 euros, sem impostos.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here