publicidade

Esta Segunda-Feira, o Torres Vedras Web dá-lhe a conhecer o Forte de São Vicente. Situado a norte de Torres Vedras, num dos montes que circundam a cidade, o Forte integra o conjunto das Linhas de Torres, inserindo-se na 1ª linha daquele sistema defensivo.

Foi aqui que...

A sua construção teve início em 1809, quando Arthur Wellesley enviou um memorando a Richard Fletcher em que mandava construir secretamente um conjunto de fortificações constituído por três linhas. A função do forte torriense era de defesa da estrada que unia Coimbra a Lisboa.

Foi aqui que...

O Forte de São Vicente consiste num conjunto de três redutos cercados por um muro com cerca de 1500 metros de extensão. Segundo a Câmara Municipal de Torres Vedras, tratava-se de um dos pontos mais fortificados das Linhas de Torres, artilhado com 39 bocas-de-fogo e capacidade para 2200 homens.

Os redutos eram separados por fossos profundos, o que exigia pontes levadiças para a sua ligação. O complexo contava ainda com um posto telegráfico.

Foi aqui que...

Ao icónico Forte junta-se uma capela, também dedicada a São Vicente, que se situa a nascente. Localizado no ponto mais alto, o templo apresenta planta rectangular e deverá ter antecedentes medievais.

A Capela e o paiol do reduto 22 estão, neste momento, a ser alvo de reabilitação. O Forte de São Vicente encontra-se classificado como Imóvel de Interesse Público.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.