publicidade

O surfista português Frederico Morais, que alcançou os ‘oitavos’ do Meo Pro Portugal, a terceira etapa do circuito principal da Liga Mundial de Surf (WSL), subiu quatro lugares no ranking e sai de Peniche no 23.º posto.

O único luso que integra a elite mundial do surf foi eliminado pelo japonês Kanoa Igarashi, que, apesar de ter sido afastado nos quartos de final da prova – pelo havaiano John John Florence –, assumiu a assumiu a licra amarela, sinónimo de liderança do circuito principal da WSL, com 17.290 pontos.

Assim, ‘Kikas’ parte para as duas provas na Austrália, as últimas antes do ‘cut’, o corte a meio da temporada que permite que apenas os primeiros 22 surfistas disputem as cinco etapas da segunda parte da época, com 5.980 pontos.

Ou seja, o atleta português precisa de subir, pelo menos, um lugar no conjunto das duas pernas australianas para garantir presença até ao fim no circuito mundial.

Atrás do líder Kanoa Igarashi está agora o norte-americano Kelly Slater, onze vezes campeão mundial e vencedor da primeira etapa do ano, em Pipeline, no Havai, com 14.650 pontos.

O havaiano Barron Mamiya, que chegou a Portugal com a licra amarela, baixou para o terceiro lugar do pódio após uma prestação fraca em Peniche, com 14,650.

O brasileiro Filipe Toledo, finalista vencido do Meo Pro Portugal, ascendeu ao quarto posto (14.440), e o havaiano Seth Moniz fecha o ‘top 5’ com 13.875.

No final das 10 etapas regulares, só os cinco surfistas com melhor classificação vão disputar o ‘Dia das Finais’ em Trestles, nos Estados Unidos (EUA).

Nota ainda para Griffin Colapinto, o norte-americano que foi o campeão da prova na Praia de Supertubos, e que subiu 20 lugares para o sétimo lugar.

No quadro feminino, a costa-riquenha Brisa Hennessy conseguiu manter a licra amarela, com 17.355 pontos, apesar de ter sido precocemente eliminada em Portugal.

Depois estão a havaiana Carissa Moore (16.495), a norte-americana Lakey Peterson, finalista vencida em Peniche (16.495), a brasileira Tatiana Weston-Webb (15.220), vencedora do Meo Pro Portugal, e a havaiana Malia Manuel (15. 155).

O período de espera do MEO Pro Portugal presented by Rip Curl, na Praia de Supertubos, em Peniche, começou na quinta-feira, e a prova terminou hoje.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here