publicidade

Uma zona costeira de referência no país e em melhoria contínua. Assim é a de Torres Vedras.

No dia 26 de junho realizou-se na Praia da Física o ato simbólico do hastear das várias bandeiras correspondentes a galardões balneares atribuídos ao concelho de Torres Vedras.

Este foi o local escolhido para esse ato por contar com um novo apoio de praia que permite ao mesmo ter uma Bandeira Azul.

Para além daquela praia, outras nove torrienses hasteiam a Bandeira Azul: Santa Rita-Norte, Santa Rita-Sul, Navio, Mirante, Pisão, Santa Cruz-Centro, Santa Helena, Formosa e Azul.

Recorde-se que este galardão é atribuído pela Associação Bandeira Azul da Europa, e avalia a qualidade das zonas balneares em domínios como o ambiente, a segurança, o conforto, os equipamentos de apoio, a informação aos utentes e a sensibilização ambiental.

Já no que se refere ao projeto Praia Acessível, Praia para Todos! 2015, para além também da Praia da Física, outras seis praias torrienses exibem o respetivo galardão: Foz do Sizandro, Santa Helena, Santa Cruz-Centro, Navio, Santa Rita-Sul e Santa Rita-Norte.

Coordenado pelo Instituto Nacional de Reabilitação, este projeto é, refira-se, responsável pela identificação de praias com condições para acolher utentes com mobilidade condicionada.

No que concerne a praias com qualidade de ouro, o concelho de Torres Vedras conta com 11: Vigia, Azul, Santa Cruz-Centro, Física, Formosa, Mirante, Navio, Pisão, Santa Helena, Santa Rita-Norte e Santa Rita-Sul.

Esta classificação é atribuída pela Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza e distingue praias portuguesas que apresentaram nos últimos cinco anos qualidade de água excelente.

A respetiva bandeira também foi hasteada naquela ocasião, à semelhança da do projeto QualityCoast 2015, que comprova que o concelho de Torres Vedras, enquanto zona costeira, é um destino turístico sustentável de referência.

De salientar que Torres Vedras distingue-se no panorama nacional no que toca ao número de galardões balneares, estando por isso na “linha da frente” em Portugal no que respeita à qualidade balnear.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.