publicidade

Os gémeos Ivo e Rui Oliveira formaram a dupla portuguesa que conseguiu o segundo lugar na prova de madison do Grande Prémio da Polónia.

A Equipa Portugal chegou à Polónia com as prioridades bem definidas: conquistar o máximo de pontos possível nas disciplinas olímpicas de omnium e de madison, tendo em conta o apuramento para a Taça do Mundo, essencial para as nações que tenham a ambição de estar presentes nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

Os objetivos foram alcançados. No sábado passado, Rui Oliveira ganhou o concurso de omnium, com o irmão a ser terceiro e Miguel do Rego sexto classificados. No domingo, a dupla composta pelos gémeos Oliveira acabou a corrida de madison em segundo lugar.

A prova de “americana” teve duas equipas que se digladiaram pelo triunfo, os portugueses e os britânicos, que deixaram as restantes formações mais distantes. Mark Stewart e Ethan Hayter concluíram a corrida com 39 pontos, apenas mais cinco do que Ivo Oliveira e Rui Oliveira.

No terceiro lugar colocaram-se os ucranianos Taras Shevchuk e Vladyslav Scherban, com 19 pontos.Além da prova de Madison, que encerrou o programa do Grande Prémio da Polónia, a EquipaPortugal competiu, neste domingo, na corrida por pontos masculina e em scratch feminino.

Miguel do Rego foi o sexto classificado na corrida por pontos, ganha por Ethan Hayter. Maria Martis foi 13.ª em scratch, uma prova conquistada pela polaca Daria Pikulik.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here