publicidade

A 15 de Fevereiro de 1891 era fundado o Grémio Artístico Torreense, pelo incentivo de Eduardo Gonçalves Guerra, com a finalidade de criar um espaço onde as pessoas pudessem divertir-se.

Volvidos 126 anos, e depois de muitas direcções empenhadas, continuamos a poder afirmar que esta é uma associação com dinâmica diária, orientada para o desenvolvimento da actividade cultural e recreativa local, com o objectivo de assim se manter por muitas mais gerações.

No que diz respeito a eventos, o Grémio Artístico Torreense iniciou o ano com a reposição do espectáculo Reencontro (após o sucesso alcançado na estreia a 3 de Dezembro); uma sessão de Fado Vadio; a apresentação da Revista Olhá Florbela (com Florbela Queirós e Vera Mónica, entre outros artistas); e o Assalto de Carnaval com a Banda HotKestra. Até ao final do ano, em datas a anunciar, serão apresentados espectáculos de dança, teatro e música, para “miúdos e graúdos”, numa tentativa de diversificar a oferta ao público torriense.

Diariamente a colectividade proporciona aulas de Danças de Salão (com os professores António Ventura e Patrícia Seco), e Sevilhanas (com as professoras Inês Miranda e Maria Reis). Pontualmente são dinamizados workshops e aulas de outras modalidades, estando já agendada uma aula aberta de Danças Circulares Sagradas, para 2 de Abril, das 16h às 19h, com Cláudia de Jesus; e o laboratório de teatro “Quarentena”, dinamizado por Ana Almeida, dias 10, 11, 12 e 13 de Abril.

Mais informações através do endereço electrónico  gremioartisticotorreense@gmail.com.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.