Há um projeto para instalar sinais luminosos e sonoros nas passadeiras mais movimentadas de Torres Vedras
publicidade

“Para além das vantagens claras para as pessoas com deficiência visual, este projeto acaba por ser vantajoso para todos, crianças, jovens e idosos, uma vez que permite uma maior segurança para os peões”, afirmou Fernando Martins, um dos proponentes do projeto.

O projeto “Ser Visto”, segurança para todos foi uma das propostas aprovadas no Orçamento Participativo da Câmara Municipal de Torres Vedras 2018.

Depois de ter passado a fase de análise técnica, integra agora a lista de projectos que irá a votação final de 14 de Setembro a 4 de Outubro 2018. Os projetos mais votados serão integrados na proposta de Orçamento Municipal e Plano de Atividades. O Orçamento e Plano serão depois formalmente aprovados pela Câmara e pela Assembleia Municipal.

Com um orçamento de 50000 e prazo de execução de 12 meses, o projeto pretende a instalação de sinais luminosos e sonoros nas passadeiras das ruas mais movimentada da cidade de forma a proteger jovens, idosos e pessoas com deficiência visual do elevado numero de carros que circulam diariamente na cidade.

As passadeiras da rua Maria Barreto Bastos (junto à paragem dos autocarros); rua Teresa de Jesus Pereira (junto à pastelaria S. Pedro e junto à casa do Benfica); e Avenida General Humberto Delgado (junto ao café A Bica) são as que estão previstas de sofrer intervenção.

“Para além das vantagens claras para as pessoas com deficiência visual, este projeto acaba por ser vantajoso para todos, crianças, jovens e idosos, uma vez que permite uma maior segurança para os peões”, afirmou Fernando Martins, um dos proponentes do projeto.

Projeto “Ser Visto – Segurança para todos” foi pensado pelo Leonel Alves (pessoa com deficiência visual).

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.