publicidade

A Infraestruturas de Portugal (IP) vai investir cerca de 1,3 milhões de euros em intervenções de proteção anticorrosiva em 29 pontes metálicas situadas nas linhas ferroviárias do Norte e do Oeste, informou hoje a empresa pública.

As intervenções estão inseridas no Plano de manutenção de pontes da IP para 2016, com o objetivo de “assegurar bons índices de fiabilidade, comportamento e segurança das pontes ferroviárias”, refere o comunicado da empresa.

Foram, por isso, adjudicadas duas empreitadas distintas para a execução dos trabalhos.

A empreitada relativa à Linha do Norte abrange 10 pontes situadas nos concelhos de Alenquer, Azambuja, Santarém, Torres Novas e Pombal, tendo o valor de 670 mil euros.

Na Linha do Oeste, a intervenção tem o valor de 639 mil euros, abrangendo 19 pontes localizadas nos concelhos de Torres Vedras, Bombarral, Óbidos, Nazaré, Leiria e Figueira da Foz.

Os trabalhos de tratamento anticorrosivo são importantes para a preservação e manutenção das estruturas metálicas, pois atenuam efeitos como “a humidade, a salinidade ou a poluição”, que provocam ambientes com elevado grau de agressividade, sublinha a IP.

Fazem parte da rede ferroviária 2.358 pontes, 547 das quais são pontes metálicas, algumas centenárias e de elevado valor histórico e simbólico.

A Linha do Oeste liga o concelho de Sintra ao da Figueira da Foz, enquanto a Linha do Norte liga Lisboa e Porto.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.