publicidade

A Igreja de Santiago é a novidade neste projeto, tendo integrado o mesmo a partir de outubro.

60.579 visitas a igrejas do concelho de Torres Vedras foram contabilizadas em 2018 no âmbito do projeto “ISA (Idosos Saudáveis e Ativos)”.

A Igreja de Santiago é a novidade neste projeto, tendo integrado o mesmo a partir de outubro, local onde se contabilizaram 1.348 visitas. Anteriormente (em outubro de 2016) fora a capela de Santa Helena a integrar o ISA.

De resto, a Igreja da Graça foi aquela onde se registou maior número de visitas (17.141), seguida da Igreja de S. Pedro (12.612), da capela de Santa Helena (10.965), da Igreja da Misericórdia (7.106), da Igreja de Santa Maria do Castelo (6.200), da Igreja de Nossa Senhora do Ameal (2.951) e da Igreja de Santa Maria Madalena (2.256).

Relativamente às nacionalidades dos visitantes, 92% eram nacionais e 8% estrangeiros.

Recorde-se que no âmbito da vertente de Património do projeto “ISA” pessoas reformadas, devidamente preparadas, garantem desde 2005 a abertura ao público de igrejas existentes em vários locais do concelho de Torres Vedras (atualmente em Torres Vedras, Turcifal e Santa Cruz).

No âmbito deste projeto contabilizaram-se até ao final do ano transato 794.354 visitas a igrejas.

Em 2018 o “ISA Património” contou com 19 participantes (13 mulheres e 6 homens) com uma média de 70 anos.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here