publicidade

Novas ideias para solucionar desafios sociais no concelho de Torres Vedras, tendo como objetivo promover a qualidade de vida neste território, foram criadas por jovens no âmbito do “Reboot TV”, um evento organizado pela Câmara Municipal de Torres Vedras, que decorreu entre os dias 11 e 13 de março, a partir do Centro de Artes e Criatividade.

A dinâmica do evento, concebida pela 4Change Consulting (entidade que formulou também o conceito do mesmo) e que contou com o apoio da Associação Discurso Paralelo, passou pela constituição de equipas (que envolveram 21 jovens, de entre os quais alunos do curso de Intervenção Social e Comunitária do polo de Torres Vedras do Politécnico de Leiria), que estiveram no “terreno” para contactar com problemas concretos e desenvolver protótipos de soluções.

Tratou-se de uma experiência imersiva junto da comunidade, sendo que no primeiro dia do evento os participantes visitaram as áreas de reabilitação urbana de Santa Cruz e da Encosta de S. Vicente, onde tiveram a oportunidade de efetuar observação-participante e realizar entrevistas. No segundo dia as ideias foram testadas no “terreno”.

No âmbito deste bootcamp, recorreu-se às novas tecnologias, nomeadamente, para a recolha e registo de dados para o diagnóstico. Refira-se ainda que, com o apoio de facilitadores, foram utilizadas técnicas interativas (como design thinking e systems practice) para idear, modelar, prototipar e testar.

O trabalho de criação de ideias e o posterior teste das mesmas foi acompanhado por mentores de organizações relevantes do concelho de Torres Vedras (Smart Farm Colab, Pegada Verde, Académico de Torres Vedras, Coro Juvenil da Cidade de Torres Vedras e Escola 4G). O evento contou também com a representação do corpo docente do curso de Intervenção Social e Comunitária do polo de Torres Vedras do Politécnico de Leiria.

Deste “Reboot TV” surgiram quatro projetos, mais concretamente: “Táxi do Bairro” (concebido por Bruna Alves, Renata Luís, Ana Viçoso e Isa Xavier), “Cinema Santa Cruz” (concebido por Beatriz Estevão, Roman Barabash, Margarida Caetano, Catarina Ângelo, Catarina Santos e Inês Esperança), “Move-te” (concebido por Maria Silva, Ana Gonçalves, Juliana Cerdeira, Cíntia Afonso, Érica Correia e Inês Azevedo) e “Histórias de S. Vicente” (concebido por Carolina Gomes, Raquel Silva, Ana Dionísio, Miguel Ramos e Sandra Canal).

Estes projetos foram comentados por um painel/júri constituído pelo padre Vítor Melícias (Centro Torriense de Estudos de Economia Social), Filipa Farelo (Cooperativa António Sérgio para a Economia Social) e Frederico Costa (SEA – Agência de Empreendedores Sociais).

Seguir-se-á um período de mentoria, no qual as ideias apresentadas vão ser trabalhadas e amadurecidas, analisando-se e definindo-se as possibilidades de implementação das mesmas.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here