publicidade

Os jovens da Casa dos Rapazes, que vivem há nove anos numa habitação cedida pela Proteção Civil de Lisboa depois de u incêndio lhes ter destruído a casa, vão ter um novo lar graças à ajuda de várias empresas.

Após o incêndio que destruiu a casa onde viviam, em 2005, os jovens passaram a viver numas instalações provisórias, em Chelas, que não tinham as condições adequadas para acolher as 23 crianças retiradas às suas famílias pelos tribunais devido a situações de maus-tratos, abandono e negligência.

“Desde então, esperam uma nova habitação, o que agora se tornará realidade com o apoio de vários mecenas”, refere em comunicado a instituição, anunciando que a nova Casa dos Rapazes, situada na Parede, no concelho de Cascais, deverá abrir as portas “em meados de 2016”.

As obras começaram este mês e uma empresa de Torres Vedras (Cobert) doou 3.200 telhas para a montagem do telhado, que irá garantir um “maior conforto” à nova casa da instituição, fundada em 1969, que acolhe rapazes entre os seis e os 18 anos.

“Por mais que a vida tenha sido injusta para com estas crianças, é bom vermos as empresas a preocuparem-se com elas e dispostas a usar os meios à sua disposição para criar novas oportunidades”, diz a vice-presidente da Casa dos Rapazes, Ana Gonçalves Pereira.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here