publicidade

No passado dia 16, 17 e 18 de dezembro, na Póvoa de Varzim, realizou-se o XX Congresso Nacional da Juventude Socialista.

Reunião magna que contou com a participação de congressistas de todo o país, onde se inclui a maior delegação da JS Oeste nos últimos tempos a um congresso nacional da JS. Contando com a participação de 16 elementos, entre delegados de todas as concelhias da FRO-JS: Pedro Tomaz pelo Cadaval, João Fernandes pelo Sobral M. Abraço, André Riso por Alenquer, Rui Lopes e Carlos Daniel por Torres Vedras, e Brian Silva, Selene Martinho e Pedro Santos pela Lourinhã.

Marcaram ainda presença como delegados inerentes: João Nicolau, secretário nacional da JS e presidente da JS Oeste e Carlos Granadas, membro da Comissão Política Nacional do PS em representação da JS.

A JS Oeste acabou por reforçar a sua representatividade nos órgãos nacionais da JS, integrando na lista da Comissão Nacional: Brian Silva (Lourinhã), Rita Vilela (Torres Vedras), Rui Lopes (Torres Vedras) e Bárbara Marteleira (Lourinhã). E André Riso (Alenquer) na lista de representantes da JS na Comissão Nacional do PS.

O Congresso Nacional aprovou ainda a eleição de dois socialistas oestinos como Militantes Honorários da JS, Carlos Miguel, atual Secretário de Estado das Autarquias Locais, ex-presidente da FRO-PS e ex-presidente da C. M. Torres Vedras e ainda Carlos Granadas, ex-presidente da FRO-JS e ex-secretário nacional da JS.

Os militantes do oeste levaram também a congresso várias moções setoriais sobre temáticas que consideram prioritárias para a organização: “Saber informar a ação da JS em proximidade”, subscrita por Bárbara Marteleira, “Majoração nas transferências para Autarquias Locais que implementem processos de Orçamento Participativo”, subscrita por David Margarido, “Integração de jovens nas listas Autárquicas 2017”, subscrita por Miguel Ferreira, “Criação do Gabinete do Voluntariado na tua escola”, subscrita por Hugo Ferreira, “Apoio suplementar ao Intercâmbio Universitário”, subscrita por Marcelo Fernandes e “Associativismo do Ensino Secundário e Básico: um caminho para a participação cívica e voluntária”, subscrita por Marcos Carvalho.

Este foi o último congresso dos quatro anos de liderança de João Torres, na qualidade de Secretário-Geral da JS, tendo sido dois mandatos de muitos desafios e lutas pelas gerações mais jovens, focando-se no emprego jovem como prioridade. Sucede-lhe agora Ivan Gonçalves, deputado da Assembleia da República pelo PS, que abraça um dos maiores desafios da sua carreira política com a premissa “Do Lado Certo da História | Por um Futuro com Direitos”.

Na sessão de encerramento do congresso, António Costa, primeiro-ministro de Portugal e Secretário-Geral do PS falou a todos os jovens, onde destacou a prioridade do governo no combate ao desemprego jovem e ainda a necessidade de dar prioridade à reabilitação das cidades, e à criação de mecanismos de arrendamento acessível, como formas de atrair as gerações mais jovens aos centros das cidades.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.