Livro vai ser apresentado em Torres Vedras
publicidade

Livro “O socialismo e o PS em Portugal” vai ser apresentado em Torres Vedras

Sábado às 18h30

No âmbito do programa comemorativo do 44.º aniversário da “Revolução dos Cravos” do Município de Torres Vedras, a Biblioteca Municipal de Torres Vedras acolhe no próximo dia 7 de abril, pelas 18h30, a apresentação do livro “O socialismo e o PS em Portugal”.

Segundo refere a sinopse deste livro: “Apesar da incipiente industrialização, as ideias socialistas chegaram ao nosso país nos anos 50 do século XIX quando ainda se viviam as sequelas da Patuleia, guerra civil que contribuiu para abalar os alicerces da monarquia.

Viriam a surgir, assim, as primeiras associações visando “os melhoramentos das classes laboriosas”, os primeiros periódicos e textos doutrinários. Em 1875, mesmo antes de que isso acontecesse noutros países mais desenvolvidos, foi fundado o Partido Socialista.

Figuras como Antero de Quental e José Fontana fariam com que o socialismo entre nós tivesse, desde logo, características muito especiais no que concerne à sua componente libertária e ética.

Isto não impediria que também aqui se repercutissem as divisões programáticas em curso no resto da Europa o que, no contexto da sociedade portuguesa, ajudaria à hegemonia das ideias republicanas e do anarco-sindicalismo no movimento operário.

Durante a I República os socialistas tiveram expressão modesta a nível sindical e parlamentar, apesar de chegarem a estar presentes em governos e terem contribuído para reformas significativas.

Não admira, pois, que durante o Estado Novo o socialismo se tivesse amalgamado com a oposição democrática republicana, apesar de sempre existirem tentativas no sentido de afirmar a sua identidade. Até que, em 1964, Mário Soares, Tito de Morais, Ramos da Costa, entre outros, criaram a Acção Socialista Portuguesa, embrião do actual Partido Socialista fundado em 1973.

Este, após o derrube da ditadura a 25 de Abril de 1974, tornar-se-ia a força decisiva para a construção do Portugal democrático dos dias de hoje e continua a desempenhar o papel fulcral que é conhecido. Recorrendo a vários autores de diversas formações académicas, pretende-se com este livro recordar o passado do socialismo português, para melhor analisar o seu presente e perspetivar o futuro”.

Participam nesta edição coordenada por Fernando Pereira Marques: Ângela Montalvão Machado, António Campos, António Muñoz Sánchez, António Reis, Joaquim Palminha Silva, Paulo Ferreira da Cunha, Miguel Coelho e Nuno Miguel Jesus.

cartaz socialismo

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here