publicidade

Luís Mendonça, atleta elite, da Sicasal/Constantinos/UDO foi uma das atrações na edição 2016 da Volta a Portugal em Bicicleta. O ciclista de 30 anos participou pela primeira vez na competição mais emblemática de Portugal. A experiência decorreu com as cores da equipa brasileira Funvic Soul Cycles, que o acolheu como estagiário.

A participação na Volta a Portugal: “superou as minhas expectativas! Três top10 era algo que ambicionava mas sabia ser tremendamente complicado. Pena a sorte não me acompanhar em alguns momentos para um resultado mais pomposo. A dimensão da Volta é o que mais impressiona, jornalistas e público aos milhares… É o maior evento em que já participei sem margem para dúvidas”, descreve Luís Mendonça com um sorriso rasgado.

O atleta natural de Cristelo não esquece o papel preponderante da equipa que lhe permitiu voltar a competir ao mais alto nível na elite do ciclismo: “foi a Sicasal/Constantinos/UDO que me proporcionou estar a competir este ano, com todas as condições necessárias. Foi graças ao acreditar de todos os diretores do clube nas minhas capacidades que felizmente consegui responder com pódios e bons resultados que certamente acabaram por me dar maior visibilidade”, explica.

Luís Mendonça acrescenta: “sou suspeito para dizer isto, mas neste momento creio que é a melhor equipa de formação em Portugal por todas as condições que me proporcionou a mim e a todos os outros ciclistas que sem dúvida nos fazem crescer e amadurecer a cada pedalada”.

Terceiro Lugar coletivo na Curia

A formação Sicasal/Constantinos/UDO participou no último domingo, dia sete de agosto, na V edição do Circuito da Curia. Na prova de 115,9 quilómetros, disputada debaixo de um sol abrasador, a equipa alcançou o terceiro lugar no ranking coletivo.

Gonçalo Leaça com o 9o posto foi o melhor elemento da equipa, à frente de Tiago Antunes (12o), João Letras (18o) e Diogo Tavares (20o).

Na classificação da juventude o jovem de Paio Pires, Gonçalo Leaça, arrecadou o terceiro lugar numa prova que foi ganha por Luís Gomes (Bike Clube Portugal), com uma média superior a 51,4 km’s/h que mostra bem o ritmo a que a prova se disputou.

No próximo fim de semana a equipa marcará presença nas decisões da Taça de Portugal. No sábado disputa-se o 16o Grande Prémio Mortágua, enquanto no domingo vai para a estrada a última prova da Taça de Portugal: o Grande Prémio Anicolor.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.