publicidade

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo irá disponibilizar, esta semana, mais 147 camas de cuidados continuados integrados e de cuidados paliativos, foi hoje anunciado.

As novas camas “são das tipologias de cuidados paliativos (UCP), de longa duração e manutenção (ULDM) e de média duração e reabilitação (UMDR)”, lê-se num comunicado da administração de saúde.

O Hospital de Nossa Senhora da Arrábida, em Azeitão, no concelho de Setúbal, terá mais 42 camas: 14 de UCP, 18 de ULDM e 10 de UMDR.

A cooperativa de solidariedade social Cercitop do Algueirão e Telhal, no concelho de Sintra, terá mais 10 camas: três de UMDR e sete de ULDM.

Também no concelho de Sintra, a unidade de saúde São Bento Menni, em Belas, passará a ter mais 30 camas, todas de UMDR.

O hospital Soerad, em Torres Vedras, terá mais 50 camas: 20 de UMDR e 30 de ULDM.

Já a TMG – Residência para Seniores, em Ourém, passa a ter mais 15 camas, todas de UCP.

Com estas novas 147 camas, a região de Lisboa e Vale do Tejo passa a contar com 1.878 camas em unidades de internamento de cuidados continuados integrados e paliativos: 167 de convalescença, 125 de cuidados paliativos, 605 de média duração e reabilitação e 981 de longa duração e manutenção.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here