Mais de 2/3 dos concelhos do país galardoados com bandeiras eco-escolas
publicidade

Escolas de 221 dos 308 concelhos do país receberam hoje em Torres Vedras bandeiras eco-escolas, um galardão atribuído da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) que está a comemorar este ano os seus 20 anos de existência.

No total, foram 1.178 escolas, dispersas por 221 municípios, galardoadas com bandeiras eco-escolas.

Entre os premiados, Sintra (62), Vila Nova de Gaia (47), Funchal (34), Gondomar (26), Câmara de Lobos (26), Lisboa (23), Aveiro (22) e Porto (22) são os municípios com, cada um, mais de 20 escolas galardoadas.

Segundo a ABAE, inscreveram-se este ano 1.282 escolas e 221 municípios, mas só 1.178 escolas e 215 municípios foram selecionados para hastear o galardão das boas práticas ambientais.

É nas escolas da região autónoma da Madeira que há uma maior taxa de implementação do projeto “Eco-Escolas”, seguindo-se os Açores e o distrito de Viana do Castelo.

“São duas gerações de eco-estudantes que já formámos. Nestes 20 anos, contribuímos para a mudança de mentalidades, criando cidadãos mais participativos e com maior consciência ambiental, cívica, social. Este programa é um agente de mudança que começa dentro da escola e que se projeta à comunidade envolvente”, sublinhou José Archer, presidente da ABAE.

O programa começou em 1995 com 30 escolas galardoadas e reconhece o trabalho de todos os que contribuíram para tornar mais sustentável o dia-a-dia do estabelecimento de ensino e da comunidade onde este se insere.

Torres Vedras, que este ano recebeu 18 galardões e acolheu a cerimónia nacional de entrega dos prémios, traçou como meta hastear a bandeira verde em todas as escolas do concelho até 2020.

O galardão é atribuído a nível internacional a 46 mil escolas e 14 milhões de alunos de 59 países diferentes.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here