publicidade

Para celebrar as Jornadas Europeias de Arqueologia, o Museu Municipal de Torres Vedras promove no dia 20 de junho, entre as 16h00 e as 19h00, visitas às escavações arqueológicas que estão a decorrer no Tholos do Barro, 112 anos após a descoberta deste sítio e a realização dos primeiros trabalhos arqueológicos no mesmo.

A campanha que está a decorrer este ano no Tholos do Barro pretende reestudar este monumento, promover a sua salvaguarda e melhorar as condições de visita ao local, classificado como Monumento Nacional desde 1910. 

De referir que o Tholos do Barro é um sepulcro coletivo, do III.º milénio a. C., descoberto no início de 1909 pelo eminente arqueólogo francês Paul Bovier-Lapierre. As primeiras escavações arqueológicas realizadas nesse local tiveram lugar logo em 1909, sob o patrocínio do Museu Etnológico Português e a direção de Félix Alves Pereira, e com a colaboração de Paul Bovier-Lapierre e Eugénio Jalhay, então residentes no Colégio do Barro. Os trabalhos na altura realizados identificaram um sepulcro coletivo, do tipo tholos, formado por uma câmara circular, com cerca de 6m de diâmetro e teto em falsa cúpula, cujo acesso era feito por um corredor, com uma extensão aproximada de 4m, na altura ainda fechado pela laje original. A entrada do corredor, orientada a sul, sobressaía de um tumulus de terra que cobria originalmente o tholos, com cerca de 13m de diâmetro. O Tholos do Barro é o maior e mais bem conservado sepulcro de falsa cúpula do país.

Relativamente às Jornadas Europeias de Arqueologia, refira-se que é um evento organizado por 47 países europeus, entre os quais Portugal, sob a coordenação do Institut National de Recherches Archéologiques Préventives (INRAP). A coordenação nacional destas jornadas cabe à Direção Geral do Património Cultural. As Jornadas Europeias de Arqueologia decorrem anualmente, no terceiro fim-de-semana de junho, em todos os países membros do Conselho da Europa.

A iniciativa destina-se a incentivar os poderes públicos e os intervenientes nas diversas áreas ligadas à arqueologia a valorizarem o património arqueológico. Tem por base uma plataforma digital que pretende chamar a atenção do público para a multiplicidade e a diversidade dos patrimónios e das iniciativas relacionados com a arqueologia na Europa.

Mais informações sobre as visitas ao Tholos do Barro que se realizarão no dia 20 de junho, as quais são gratuitas, podem ser obtidas pelo e-mail: museu@cm-tvedras.pt.

publicidade

Artigo anteriorTeatro “A Idade do Silêncio” no Teatro-Cine de Torres Vedras
Próximo artigoConfira aqui a lotação das praias no concelho de Torres Vedras
Redação
O TORRES VEDRAS WEB é um website de informação, notícias e recursos sobre a cidade, concelho de Torres Vedras e da atualidade em geral. A tua cidade online!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui