publicidade

O primeiro Fórum das Associações de Torres Vedras continua a decorrer no Pavilhão Multiusos da Expotorres, num fim-de-semana onde os torrienses podem ficar a conhecer as actividades e o trabalho desenvolvido pelas 76 associações ali representadas. Ao final da tarde do segundo dia, cerca de 1500 pessoas já passaram pelo certame, que apresenta uma vasta programação até ao final deste Domingo. A tarde terminou com um workshop dinamizado pelos Rufinhos, que convidaram os visitantes para tocar cavaquinho, interpretando temas da música popular portuguesa.

As actividades continuam com um excerto d’“O Feiticeiro de OZ” pela ILÚ – Associação Dança e Teatro de Intervenção Urbana. A mostra fecha portas à meia-noite, pelo que os visitantes ainda poderão assistir a uma demonstração de karaté pela Freiria Sport Clube, a um sketch teatral pela ALAPA – Associação Lar Abrigo Porta Aberta e a uma apresentação de dança oriental promovida pelo Clube Académico de Penafirme. No exterior do pavilhão decorre ainda uma oficina de artes circenses com uma performance de fogo, que promete cativar os mais curiosos. A actividade é dinamizada pela Estufa – Plataforma Cultural e está marcada para as 20h40.

Uma programação que segundo Carlos Bernardes, Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, reflecte a “diversidade ímpar” que caracteriza as cerca de 200 associações que compõem o movimento associativo do concelho. Com o objectivo de divulgar as actividades e serviços a que os cidadãos torrienses podem aceder, o Fórum das Associações parece já ter futuro assegurado. “Tem tudo para ter um futuro risonho” avançou o edil.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.