publicidade

A Paços – Galeria Municipal de Torres Vedras acolhe uma nova exposição denominada Interconnected, a qual dá a conhecer obras de Tânia Ferrão.

A autora explica o que pode encontrar: “Recorrendo a um processo e a uma técnica pouco convencional, é através da raspagem que os traços de luz rasgam a superfície coberta pelo acrílico preto. Camada a camada, o desenho se constrói e a sobreposição dos traços vai definindo a sombra e a luz da paisagem. E é num exercício de constante gestualidade e concentração, num oscilar entre a representação e a improvisação, que vão surgindo fragmentos de serras e bosques”

“Estas paisagens desafiam a expandir os nossos limites visuais para compreender todo o envolvente, magnetizados pela sua diversidade e complexidade. Ao sermos confrontados com a grandiosidade de uma árvore, compreendemos que têm o seu próprio ritmo, que é o resultado do acumular do tempo. Observamos a sua resiliência à força do ar, da terra, da água, e até mesmo do ser humano.”,
acrescentou.

“Através destas representações a intenção não é a de colocar ordem, mas um convite para se deixar levar pelos pequenos detalhes que nos seriam impercetíveis, e que ainda assim decidem tudo. O processo de cada desenho é uma procura pela compreensão destes vastos e intricados labirintos, onde o seu começo e fim permanecem um mistério.”
, rematou.

É possível visitar a exposição Interconnected na Paços – Galeria Municipal de Torres Vedras até dia 21 de outubro.
publicidade

Artigo anteriorCentenas de crianças e jovens aproveitaram o programa municipal de verão
Próximo artigoHomem esfaqueado pelo filho em Torres Vedras

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui