Nuno Côrte-Real volta a ser premiado pela SPA
publicidade

A cerimónia de entrega do Prémio Autores 2019, teve lugar no CCB – Grande Auditório, no dia 27 de Março.

A ópera A Canção do Bandido de Nuno Côrte-Real foi distinguida pela Sociedade Portuguesa de Autores – SPA como Melhor Trabalho de Música Erudita.

A Canção do Bandido foi a ópera que estreou no dia 8 de novembro, no Teatro da Trindade, em Lisboa, e que conta com direção musical do músico e compositor torriense.

A cerimónia de entrega do Prémio Autores 2019, teve lugar no CCB – Grande Auditório, no dia 27 de Março.

Na ocasião, Nuno Côrte-Real começou por agradecer à SPA e “a todos os colegas e parceiros que participaram nesta produção artística, em especial ao Pedro Mexia, pelas palavras que colocou nesta obra, foram incríveis”.

“O prémio não é nosso, o prémio é da Língua Portuguesa Cantada, porque eu sou daqueles que acredita profundamente que a Língua Portuguesa tem um potencial enorme para se cantar liricamente, acho que é mesmo uma língua belíssima quando se sabe fazer as coisas”, afirmou o compositor.

No ano passado, Nuno Côrte-Real já havia sido distinguido pela Sociedade Portuguesa de Autores – SPA como Melhor Trabalho de Música Erudita com o ciclo de canções Agora Muda Tudo.

Entrega do prémio na Gala SPA Prémio Autores 2018 no Centro Cultural de Belém.
publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here