publicidade

A Tecsport, concessionário Audi, encontra-se entre as várias empresas que dão forma à Tecline. O grupo prepara-se para lançar o Q2, o novo mini-suv que promete revolucionar o mercado e que tem lançamento marcado para esta Sexta-Feira. “Este produto vem mostrar que a Audi está viva e que voltou outra vez a ter uma estratégia de produto muito focada em despoletar emoções nas pessoas, independentemente da qualidade dos produtos” explica Paulo Ferreira, administrador do grupo. “Nos últimos anos a Audi tem mantido uma estratégia de produto a que algumas das pessoas que representam a marca apontam alguma falta de vanguarda.” Uma tendência “um bocadinho mais conservadora” que acredita que será invertida com o lançamento deste novo modelo. “É uma resposta nesse aspecto de voltar a ter produtos com design completamente vanguardista e procurando estimular as emoções nas pessoas.”

Um produto completamente novo que o administrador já teve oportunidade de ver e de experimentar. “É lindíssimo” exclama, para depois avançar que as expectativas comerciais e de negócios são muito altas. “Acredito que vai ser um dos pilares de vendas da marca.” O Q2 é um mini-suv e vem preencher um vazio que a marca tinha neste segmento”, complementando os modelos Q3, Q5 e Q7. “Até porque as duas marcas concorrentes da Audi no mercado premium também não têm uma oferta neste segmento. No nosso caso, como também representamos a Mercedes-Benz, há pessoas que falam no GLA. Mas a verdade é que estamos a falar de um conceito diferente.” O responsável aponta ainda um posicionamento de preço “muito bom para uma marca premium” e acredita que o modelo vai gerar curiosidade na região.

“Exactamente por ser um modelo completamente novo e criar uma imagem rejuvenescida da marca, seguimos essa filosofia de imagem e de mensagem para o evento de Sexta-Feira.” O dia apresenta-se como uma oportunidade para ficar a conhecer este novo automóvel em clima de festa. Afinal, a noite começa às 21h30 com a actuação de uma banda de covers – que se apresenta sob o nome Banda Audi Q2 – num momento repleto de festa e cor. “Porque o carro tem muito a ver com isto.” Os dias que se seguem contam com o tradicional fim-de-semana de portas abertas, convidando os torreenses a ver e experimentar o carro.

Marca na região

A par com a Tecsport, também a Tecatlântica, a Tecarandis, a Tecauto, a CA – Car Service Low Cost e a Belrent integram o grupo Tecline. “Ao contrário daquilo que transparece para o mercado, o negócio é totalmente diferente” explica Paulo Ferreira. Sobre a Tecsport, o administrador não tem dúvidas de que “estamos a falar de uma marca com uma caracterização completamente diferente.” Das necessidades e expectativas dos clientes às políticas de comunicação e comercial, o “mundo Audi” distingue-se, por exemplo, do da Volkswagen. “Não é melhor nem pior. São formas diferentes de estar no mercado.”

Com presença em Torres Vedras e nas Caldas da Rainha, o administrador da Tecline lamenta que a população do Oeste acabe por não escolher os concessionários da região. “Há uma fraca defesa das empresas da região pelas pessoas.” E exemplifica o papel da Tecline. “Temos 120 colaboradores a trabalhar aqui na empresa o que significa, como costumo dizer, que alimentamos 300 pessoas. E são 300 pessoas da nossa zona porque quando fazemos os processos de recrutamento privilegiamos pessoas daqui.” O repto fica no ar. “Quando fazem as suas aquisições, as pessoas deviam lembrar-se de dar preferência às empresas torreenses. Acho que merecem.”

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.