A temperatura baixou e a típica brisa que caracteriza Santa Cruz, em Torres Vedras, chegou assim que o sol se pôs. Mas nada que assustasse os que rumaram ao Oeste com destino à 10ª edição do Santa Cruz Ocean Spirit. Foram mais de 8000 pessoas que passaram pelo recinto montado na Praia Centro, e que esteve, mais uma noite, de portas abertas até às 03h da manhã.

Se a noite tinha começado ao som da boa vibe de Flávia, as doze badaladas soaram e Telmo Pereira assumiu o controlo do Palco Neptuno. A entrada do dj não podia ter sido mais vibrante, e rapidamente se esquecia o nevoeiro cerrado que ia dominando o areal. Telmo Pereira fez vibrar e também vibrou, com uma actuação marcada pelo momento em que chamou a sua mãe ao palco, reunindo o aplauso de todos. Seguiu-se See You Again, êxito de Wiz Khalifa, que fazia afinar o coro da Aldeia Neptuno e apontar os isqueiros em direcção ao céu.

Ocean Spirit: segunda noite do festival leva mil pessoas a Santa Cruz
A entrada de Telmo Pereira não podia ter sido mais vibrante. Foto: Rita Alves dos Santos

Telmo Pereira aqueceu a casa para os senhores que se seguiram, e que vieram directamente da Alemanha para o festival português. Os Pow Pow Movement trouxeram o espírito mais intenso do reggae para o seio do Ocean Spirit, que cantou, dançou e pulou ao som dos alemães. Ouviram-se clássicos de Bob Marley como I Shot The Sheriff, passando por Miss Fatty, de Million Stylez, e por êxitos de Sean Paul, Gentleman e Patrice.

Ocean Spirit: segunda noite do festival leva mil pessoas a Santa Cruz
As cores lusas pintaram o Palco Neptuno e ouviu-se Kalemba, dos Buraka Som Sistema. Foto: Rita Alves dos Santos

E o que dizer quando o soundsystem passou Kalemba, som dos portugueses Buraka Som Sistema? Se a Aldeia Neptuno já estava repleta de gente, assistiu-se a uma explosão de energia e movimento que mais uma vez marcam o festival de “pé na areia”.

Os Pow Pow Movement mostraram, em Santa Cruz, por que motivo foram classificados pela Riddim Magazin como a melhor banda do ano entre 2002 e 2010 (com excepção para 2005). Uma noite que contou com reggae, dancehall e hip-hop, para gáudio dos milhares de visitantes desta segunda noite de Ocean Spirit.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here