A Comunidade Intermunicipal do Oeste (OesteCIM) entregou hoje casacos e calças a 16 corporações de bombeiros de 12 municípios no âmbito de um protocolo de cooperação abrangendo mais de 3.000 equipamentos de proteção individual.

A entrega dos 790 casacos e igual número de calças, realizada na sede da OesteCim, nas Caldas da Rainha decorre de uma candidatura aprovada pelo Programa Operacional de Valorização do Território (POVT) para aquisição de equipamentos de proteção individual para combate a incêndios em espaços naturais, visando equipar 50% do quadro de ativos e de comando das corporações de bombeiros da região do Oeste.

Os equipamentos hoje entregues correspondem a um investimento aproximado de 145 mil euros e respondem, segundo o presidente da OesteCIM, Carlos Miguel, “às exigências de qualidade, certificação e cumprimento das normas europeia”.

Estas exigências “complicaram os concursos” e deram origem “a muitas reclamações por parte de empresas concorrentes” que atrasaram a entrega dos equipamentos atribuídos de acordo “com as necessidades de cada corporação”.

A estes equipamentos ficam ainda a faltar as botas, cujo concurso “está em fase final”, estando prevista para hoje a adjudicação a uma empresa que, “num prazo de 60 dias, deverá fazer a entrega”.

Esta é a segunda entrega de equipamentos de proteção individual feita pela OesteCIM que, em maio do ano passado, dotou as corporações de 341 capacetes, 386 cogulas e 514 luvas.

No total, o investimento perfaz o valor de 272 mil euros, financiados em 85%, e beneficia as corporações de Alenquer, Merceana, Arruda do Vinhos, Cadaval, Lourinhã, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras, Alcobaça, Pataias, Benedita, S. Martinho do Porto, Caldas da Rainha, Bombarral, Óbidos, Nazaré e Peniche.

Sublinhando a importância dos equipamentos que “as corporações por si não têm capacidade de adquirir”, o presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito de Leiria, Rui Vargas, alertou, em declarações aos jornalistas, para a necessidade de “ discutir com o Governo a atualização anual destas proteções para fazer frente à entrada de novos bombeiros e para a reposição dos equipamentos que se estragam”.

Com a adjudicação das botas ficará concluído o investimento total de 306.542 euros previsto na candidatura que dotará os corpos de bombeiros de todos os municípios do Oeste com 3.189 equipamentos de proteção.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here