publicidade

ASSINADO PROTOCOLO ENTRE CÂMARA MUNICIPAL E POLITÉCNICO DE LEIRIA

NOVA OFERTA FORMATIVA DO POLITÉCNICO DE LEIRIA DINAMIZARÁ TORRES VEDRAS

Foi assinado, no Edifício dos Paços do Concelho, o protocolo de colaboração entre a Câmara Municipal de Torres Vedras e o Instituto Politécnico de Leiria (IPL), numa sessão presidida pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor. Pela formalização deste acordo, o IPL reforça a sua oferta formativa e Torres Vedras verá dinamizado o seu centro histórico.

Torres Vedras traz, desta forma, o ensino superior público para a cidade, pretendendo-se criar um bairro universitário em pleno centro histórico, já que as aulas decorrerão em diversos espaços e os alunos que necessitarem, ficarão alojados em habitações. Com a assinatura deste protocolo de colaboração a Câmara Municipal de Torres Vedras tem em vista, como referiu o presidente da autarquia, Carlos Bernardes, a fixação de população jovem no seu território, bem como a dinamização do centro histórico pela ocupação/aproveitamento de espaços comerciais desocupados ou devolutos desta zona, ao mesmo tempo que garante a qualificação de mão-de- obra para as mais de 11 mil empresas existentes no concelho.

Já o Instituto Politécnico de Leiria lançou, assim, um novo núcleo de formação com a finalidade de criar turmas de Cursos Técnicos Superiores Profissionais (TeSP) de “Apoio à Gestão”, “Inovação e Tecnologia Alimentar”, “Intervenção Social e Comunitária”, “Práticas Administrativas e Comunicação Empresarial” e “Programação de Sistemas de Informação”.
As candidaturas aos referidos cursos decorrerão até 11 de agosto e os interessados poderão obter informação presencial no Torres Vedras LabCenter ou no setor da Educação da Câmara Municipal. Os cursos vão funcionar em regime diurno, a partir de setembro, terão cerca de 20 vagas cada e funcionarão no espaço do Torres Vedras LabCenter, Fórum das Associações e Cooperativa de Comunicação e Cultura. Os cursos escolhidos estão em funcionamento nas três escolas do IPL, já foram testados e, segundo o presidente do Politécnico de Leiria, Nuno Mangas, “foram escolhidos em função da dinâmica empresarial de Torres Vedras”.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, que presidiu à sessão, realçou a importância desta iniciativa que em muito contribui para a qualificação dos jovens, a par da criação de emprego.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.