Operação
publicidade

A violência pode ser infligida de várias formas, desde a agressão física, psicológica, emocional e sexual, podendo mesmo considerar-se a negligência e o abandono como atos violentos de omissão de auxílio.

A Guarda Nacional Republicana, entre os dias 10 e 15 de fevereiro, através das Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário, realizou um conjunto de ações de sensibilização direcionadas para a população em geral, e às pessoas mais vulneráveis em particular, nomeadamente crianças, jovens e idosos, cujo objetivo foi alertar a comunidade para a necessidade de evitar comportamentos violentos.

No passado dia 15 de fevereio, o Destacamento Territorial de Torres Vedras, através dos militares da Secção de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário, realizou ma ação de sensibilização na Associação de Socorros do Turcifal, Torres Vedras.

Medidas de prevenção para que os idosos não sejam vítimas de crime, assim como procedimentos a adotar aquando da ocorrência de crimes, foram alertas dados pelo Destacamento durante a ação.

A violência pode ser infligida de várias formas, desde a agressão física, psicológica, emocional e sexual, podendo mesmo considerar-se a negligência e o abandono como atos violentos de omissão de auxílio. As agressões físicas, os atos de vandalismo, o uso de armas, os furtos e os roubos encabeçam a lista de comportamentos que revelam maior preocupação.

No âmbito desta operação foram empenhados 860 militares e realizadas um total de 548 ações de sensibilização, onde a GNR privilegiou o contacto pessoal em residências, em espaços públicos e privados e, principalmente, junto da comunidade escolar.

Com estas ações de sensibilização, a GNR pretendeu transmitir uma mensagem de preocupação com este tipo de criminalidade e do comprometimento em contribuir para a erradicar ou minimizar, criando um clima de confiança e de empatia na população e aumentando o sentimento de segurança

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here