Orquestra Académica Metropolitana regressa ao Teatro-Cine de Torres Vedras
publicidade

Esta orquestra é dirigida pelo maestro francês Jean-Marc Burfin.

No âmbito da 12.ª edição da “Temporada Darcos”, o Teatro-Cine de Torres Vedras acolhe no próximo dia 26 de maio, pelas 17h, um concerto da Orquestra Académica Metropolitana.

Esta orquestra é dirigida pelo maestro francês Jean-Marc Burfin, que a dirige desde a sua fundação em 1993, na sequência da criação da Academia Nacional Superior de Orquestra, instituição única no país, destinada a educar músicos profissionais de instrumento e direção de orquestra. Burfin é, de resto, atualmente, em Portugal, um nome incontornável na formação de novos maestros.

Ouvir-se-á neste concerto a nona sinfonia de Schubert, cuja composição se iniciou um ano após a estreia em Viena da nona sinfonia, Coral, de Beethoven. Schubert, que provavelmente esteve presente nesse concerto, parece citar o famoso Hino à Alegria na sua obra, certamente como tributo ao mestre alemão.

O programa do concerto da Orquestra Académica Metropolitana no Teatro-Cine de Torres Vedras será assim o seguinte:

F. Schubert (1797 – 1828)
Sinfonia n.º 9 em Dó maior, A Grande, D. 944

I. Andante – Allegro, ma non troppo – Più moto
II. Andante con moto
III. Scherzo. Allegro vivace – Trio
IV. Allegro vivace

O preço dos bilhetes para se assistir a este espetáculo é de 5 euros.

Recorde-se que a “Temporada Darcos” constitui-se como uma iniciativa singular no panorama artístico na qual se divulga a música clássica segundo diversas abordagens dadas por autores de referência. Dirigida pelo compositor e maestro torriense Nuno Côrte-Real, os espetáculos desta temporada são na sua maioria interpretados pelo grupo Ensemble Darcos e têm lugar em vários locais de Portugal e do estrangeiro, principalmente no Concelho de Torres Vedras e em Lisboa. Aclamados solistas e orquestras nacionais e internacionais têm também participado nesta iniciativa.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here