publicidade

Na terça-feira, 8 de fevereiro, os torrienses aderiram ao pedido da Cruz Vermelha de Torres Vedras e da Associação de Dadores de Sangue de Torres Vedras.

Joaquim Mendes Silva, Presidente da Federação das Associações de Sangue (FAS Portugal), deixou uma mensagem a todos os portugueses através de uma vídeo publicado nas redes sociais. Joaquim Mendes Silva alertou para o facto de “estarmos a atravessar um momento muito difícil no que concerna às reservas de sangue no Instituto Português do Sangue e da Transplantação”.

O presidente da FAS Portugal revelou que os stocks de sangue nesta altura estão a níveis “perigosamente baixos” e, por isso, deixou um apelo: “venham à dádiva de sangue. É muito importante. Este é um ato de civismo e generosidade”.

A Cruz Vermelha de Torres Vedras e a Associação de Dadores de Sangue de Torres Vedras replicaram o pedido do presidente da presidente da FAS Portugal e os torrienses responderam muito bem.

Na terça-feira, 8 de fevereiro, estiveram na Cruz Vermelha de Torres Vedras 78 dadores de sangue, do quais 16 deram sangue pela primeira vez.

“Estamos muito felizes e agradecemos às dezenas pessoas que se deslocaram à nossa Delegação para doar sangue. Foram 78 colheitas”, pode ler-se numa publicação no Facebook da Cruz Vermelha de Torres Vedras.

“Deixamos também o nosso agradecimento especial a todos os colaboradores do Instituto Português do Sangue e da Transplantação, IP e da ADSTV – Associação de Dadores de Sangue de Torres Vedras assim como à Freguesia de Santa Maria, São Pedro e Matacães, pelo excelente protocolo celebrado para que possamos celebrar este sucesso”, termina.

Pode consultar AQUI as datas e locais das próximas colheitas de sangue no concelho de Torres Vedras.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here