publicidade

Foram, recentemente, alvo de intervenções de reabilitação e conservação, três edifícios de caráter religioso de Torres Vedras: a Igreja da Misericórdia, a Igreja de São João e a Ermida de Nossa Senhora do Ameal.

Estas obras, financiadas e apoiadas tecnicamente pela Câmara Municipal de Torres Vedras, resultaram de protocolos celebrados pela autarquia com a Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras e a Fábrica da Igreja Paroquial de S. Pedro e Santiago.

Relativamente à intervenção realizada na Igreja da Misericórdia, importa referir que consistiu na lavagem integral da fachada e posterior pintura da mesma. O edifício contíguo (edifício-sede da Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras) foi incluído na mesma empreitada, tendo sido alvo de uma intervenção semelhante.

No que concerne à intervenção realizada na Igreja de São João, refira-se que a mesma passou pela execução de diversos trabalhos de requalificação interior e exterior. Com efeito, procedeu-se, nesta igreja anexa ao cemitério de São João, à limpeza geral das coberturas cerâmicas, à impermeabilização da cobertura plana existente e de algerozes interiores e à reabilitação e pintura de paredes exteriores e interiores, do teto e de vãos de madeira exteriores e respetivos gradeamentos.

Na Ermida de Nossa Senhora do Ameal (classificada como monumento nacional desde 1910) também se executaram diversas intervenções de reabilitação, as quais foram devidamente autorizadas pela Direção-Geral do Património Cultural. No exterior da ermida, procedeu-se à limpeza integral da cobertura cerâmica, à lavagem integral dos paramentos das fachadas, ao reboco destas e à posterior pintura, tendo ainda sido realizada a limpeza e pintura de caixilharias de madeira e gradeamentos. As intervenções interiores na ermida passaram, na nave central e sacristia, pela limpeza de paredes (no caso da nave central efetuou-se também a limpeza do teto), pelo tratamento localizado dos rebocos deteriorados e pela posterior execução de pintura.

O descrito conjunto de intervenções enquadra-se no objetivo de reabilitação e salvaguarda do património edificado do concelho de Torres Vedras, sendo que representa um investimento de, aproximadamente, 100 mil euros.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here