publicidade

A peça “O Fim do Fim”, uma coprodução da Alma d’Arame e da Companhia João Garcia Miguel, vai ser apresentada no Teatro-Cine de Torres Vedras, no dia 22 de abril, sexta-feira, às 21h30.

Com interpretação de Duarte Melo e Paulo Quedas, a peça aborda a “angústia do fim”, um tema que “é uma indefinível tensão entre dois mundos”: o mundo real e o mundo sonhado. Segundo os autores, “a ideia inicial era uma peça sobre o fim premeditado dos objetos a que se chama obsolescência programada. Uma morte prevista para os objetos. Aos poucos tornamo-nos, também, em objetos obsolescentes. O fim de todas as coisas é aceite com a alegria de que dá voz à vida aprendendo a dizer adeus.”

Ficha técnica

Coprodução: Alma d’Arame & Companhia João Garcia Miguel
Ideia Inicial: Amândio Anastácio
Texto: João Garcia Miguel
Espaço Cénico e Encenação: Amândio Anastácio & João Garcia Miguel
Interpretação: Duarte Melo & Paulo Quedas
Música: João Bastos
Figurinos: Rute Osório de Castro
Equipa Técnica: Luís Gomes & Roger Madureira
Direção de Produção: Georgina Pires & Geovana Jardim
Produção Executiva: Joana Crespo
Comunicação: Alma d’Arame
Assessoria de Imprensa: Susana Otão
Marketing Digital e Web Digital: Workplace
Designer: Vasco Costa & Carolina Braga
Fotografia: Inês Sambas
Vídeo: Pedro Grenha
Teaser: Roger Madureira
Difusão e Circulação: Vicente Paredes
Apoios: Câmara Municipal de Lisboa; Câmara Municipal de Montemor o Novo; Teatro Ibérico; Junta de Freguesia do Beato; Junta de Freguesia de Marvila; IEFP; RM – Vinhos Portugal
Espetáculo Financiado por: DGARTES; Governo de Portugal

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here