publicidade

O piloto de Torres Vedras quer um lugar no pódio “e somar o máximo de pontos possível”.

A luta pelo título da Peugeot Rally Cup Ibérica 2018 está de volta. Agora é a região de Oviedo que irá receber o Rali Princesa das Astúrias onde competirão 17 formações, nove pilotos espanhóis, seis lusos e dois britânicos, na 4ª prova (segunda por terras espanholas) da iniciativa conjunta da Peugeot Portugal e Peugeot Espanha, com logística da Sports & You.

Todos os pilotos querem a vitória e o piloto de Torres Vedras não é diferente. “Estamos de regresso à Peugeot Rally Cup Ibérica, com a segunda prova além-fronteiras. O objetivo na nossa estreia nesta prova é lutar novamente por um lugar no pódio e somar o máximo de pontos possível! Estamos motivados e apesar do azar que tivemos no Rallye de Ferrol desistindo já com a meta à vista, confirmamos que é possível lutar por qualquer uma das três primeiras posições no troféu”, afirmou Pedro Antunes ao PTJornal, que já venceu uma prova esta temporada e se encontra na terceira posição do troféu.

Fazendo as contas da primeira metade da temporada da Peugeot Rally Cup Ibérica 2018, Roberto Blach Nuñez vai na frente com um total de 48 pontos e um avanço de, pelo menos, 20 pontos sobre os seus adversários mais diretos.

Hugo Lopes é o segundo classificado mas logo atrás, com apenas menos 2 pontos, está o outro  português Pedro Antunes e o outro espanhol, Victor Senra. Ambos com 26 pontos e a dividir o terceiro lugar do pódio.

Depois de dois confrontos em Portugal e mais um em Espanha, que resultaram em três vencedores distintos – Josep Bassas na prova lusa do WRC, Pedro Antunes em Castelo Branco e Victor Senra em Ferrol – aguardam-se novas lutas pelos pontos neste 55º Rally Princesa de Astúrias, organizado pelo Antomóvil Club Principado de Astúrias.

Créditos de Imagem: AsportZ

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.