PENICHE: Concluída requalificação do sítio arqueológico do navio San Pedro de Alcântara
publicidade

A Câmara de Peniche anunciou que concluiu a empreitada de requalificação do sítio arqueológico referente ao depósito funerário de catástrofe do navio San Pedro de Alcantara, um investimento de 159 mil euros cofinanciado por fundos comunitários.

A empreitada, iniciada em março, foi finalizada com a instalação de um elemento escultórico evocativo deste episódio da história trágico-marítima de Peniche, cujas vítimas foram enterradas num improvisado depósito funerário localizado no espaço agora intervencionado.

O navio espanhol San Pedro de Alcantara naufragou junto aos rochedos da Papoa na noite de 02 de fevereiro de 1786, com 400 pessoas a bordo e uma carga excecional de mais de 150 toneladas de moedas de ouro e prata, 600 toneladas de cobre, 64 canhões, 100 toneladas de quinquina (planta sul americana) e 6,5 toneladas de cacau, acabando por causar a morte a 128 passageiros.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here