A INTELI e a RENER Living Lab – Rede Portuguesa de Cidades Inteligentes (RENER) uniram-se à Fundetec e à Rede Espanhola de Cidades Inteligentes (RECI) para lançar a convocatória da iniciativa startup4cities, um projecto pioneiro a nível mundial que pretende impulsionar o empreendedorismo de base tecnológica orientado para dar resposta aos novos desafios das cidades inteligentes. O startup4cities é a primeira convocatória internacional com estas características.


Almeida Henriques, presidente da RENER, afirmou que a cooperação entre as redes de cidades inteligentes de Portugal e Espanha na iniciativa startup4cities constitui “um marco para o desenvolvimento urbano à escala ibérica e a aliança aos empreendedores contribuirá para transformar as cidades em territórios mais amigos do cidadão, mais criativos, mais sustentáveis, mais competitivos e, claro, mais inteligentes”.

O startup4cities dirige-se a empreendedores e start-ups que disponham de projectos concebidos em Portugal ou Espanha, em fase inicial de desenvolvimento, e necessitem validar o produto ou serviço e o seu modelo de negócio em ambiente urbano. Para participar, deverão apresentar os seus projectos antes da meia-noite do dia 19 de Outubro através do formulário online que está disponível em www.startup4cities.es/pt, onde também poderão consultar as bases da convocatória.

Um júri com experiência no âmbito das novas tecnologias e das smart cities seleccionará os 10 melhores projectos de cada um dos países. Estes 20 empreendedores serão convocados para o evento final, onde terão a oportunidade de apresentar e defender as suas propostas perante um auditório composto por representantes municipais de mais de uma centena de cidades das redes portuguesa e espanhola de cidades inteligentes, a que também assistirão aceleradoras, incubadoras, investidores, escolas de negócio e todo o tipo de entidades vinculadas ao ecossistema empreendedor.

O evento final Startup4cities 2015 decorrerá no dia 17 de Novembro, em Barcelona, no Smart City Expo World Congress. Aqui, os municípios seleccionarão os projectos que considerem do seu interesse e oferecerão a sua cidade como laboratório para testar o produto/serviço, criando-se assim uma grande rede ibérica de laboratórios urbanos onde as experiências serão compartilhadas entre todas as cidades.

Deste modo, os municípios poderão oferecer aos seus cidadãos serviços desenvolvidos por empreendedores, criando oportunidades de negócio e de emprego associados ao desenvolvimento da cidade.

startup4cities 2015 conta com o apoio do sector público, através dos Correos, ICEX, Ministerio de Industria, Energía y Turismo y Red.es, e do sector privado, com a colaboração do El Corte Inglés, Endesa, Esri, Ferrovial, Fira Barcelona, Garrigues, HP, Indra e Telefónica.

Em 2014, a RECI e a Fundetec organizaram a primeira convocatória do Startup4cities, recebendo 98 propostas empreendedoras de grande qualidade. A iniciativa foi muito bem acolhida e obteve um notável reconhecimento por parte do ecossistema empreendedor e das smart cities. Mais informação em www.startup4cities.es.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here