O presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP) assumiu hoje que acredita que a delegação portuguesa aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro pode conquistar mais medalhas do que a prata da canoagem em Londres2012.

“Acho que é possível, não sei se vai ser possível, porque depende da forma física dos atletas. É expectável que esse número possa ser superado”, reconheceu José Manuel Constantino à margem da cerimónia no palácio de Belém, na qual foi agraciado com a Ordem do Infante D. Henrique.

Recordando que tem sido muito prudente no estabelecimento de metas qualitativas (número de medalhas) para o Rio2016, o presidente do COP defendeu que os resultados alcançados por atletas portugueses em 2015 criam expetativas.

“Estamos já no terço final do apuramento olímpico. Em termos finais, a nossa expetativa é a de ter mais atletas e mais modalidades apurados [do que em Londres2012]”, sublinhou.

José Manuel Constantino foi hoje agraciado pelo Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, com a Ordem do Infante D. Henrique, a mesma distinção recebida pelo ciclista Sérgio Paulinho, prata na prova de fundo de ciclismo em Atenas2004, e Hugo Rocha/Nuno Barreto, bronze na classe 470 em Atlanta1996.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here