Produtos endógenos do concelho de Torres Vedras promovidos em RESERVA
publicidade

No âmbito das Festas da Cidade de Torres Vedras, que são, recorde-se, realizadas sob a égide de S. Martinho, decorreu entre os dias 1 e 3 de novembro, no Parque Regional de Exposições, o Fórum de Inovação de Gastronomia e Vinho RESERVA.

Tratou-se de um evento que visou promover o trabalho dos produtores locais, mas também dar a conhecer iniciativas e projetos inovadores associados ao vinho e à vinha, à gastronomia local, aos produtos endógenos e aos serviços associados.

Segundo explicou o presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras na sessão de abertura deste fórum, o mesmo relaciona-se com a matriz identitária do território torriense, sendo que depois da valorização dos vinhos, pastel de feijão e uvada, pretende-se agora fazer um “upgrade” nesse percurso com os legumes e queijos, até porque Torres Vedras afirma-se hoje nacional e mundialmente nas várias componentes da indústria agroalimentar. Sendo o RESERVA uma iniciativa que promove os produtos “premium” do concelho de Torres Vedras, para Carlos Bernardes, no mesmo têm de estar inevitavelmente presentes as vertentes da inovação e do conhecimento.

Como momentos de destaque desta primeira edição do RESERVA, refira-se o lançamento do Guia de Enoturismo de Torres Vedras e a cerimónia de entrega de prémios dos concursos de pastel de feijão e de vinhos de Torres Vedras de 2019.

De referir também desta primeira edição do RESERVA as “conversas selecionadas”, mais concretamente “O papel do Smart Farm Colab na mitigação das alterações climáticas na vinicultura”, “Enoturismo, de Torres Vedras para o Mundo” e “Uvada em Torres Vedras – uma memória coletiva de saberes e afetos” (que foi seguida de uma prova comentada deste produto); as “seleções do enólogo”, apresentadas por Julião Batista (Adega Cooperativa de Carvoeira), Rui Vieira (Adega Cooperativa de São Mamede Ventosa) e Alexandra Mendes (Adega Cooperativa de Dois Portos); as “seleções dos chefs”, que abordaram temáticas como o arroz, o bacalhau, a uvada, a cascaria e o projeto “É Carapau!”, em que participaram Tiago Emanuel Santos (restaurante Quórum), José Maria Lino (Bacalhau Constantinos e Quinta da Almiara), João Sá (restaurante SaLa), Patrícia Borges (DocaPesca de Peniche), Rodrigo Castelo (Taberna Ó Balcão), Hugo Batista, Marco Cruz (restaurante Átrio) e Fernando Campina; o “Para Petiscar e Harmonizar”, em que marcaram presença os restaurantes Picanharia, do Pisão e O Patanisca; a apresentação de cocktails originais com produtos de Torres Vedras por Miguel Gomes, de entre os quais o Old Nosey e os licores Terras de Dinossauros; e os momentos de animação musical.

Refira-se ainda a presença no RESERVA dos seguintes produtores do concelho de Torres Vedras: Quinta da Folgorosa; Santos & Santos; Fonte das Moças | João Melicías; Bonifácio Wines; JAPG; Adega Cooperativa de Carvoeira; Adega Cooperativa de Dois Portos; Galantinho – Casa Agrícola; AVA – Associação para Valorização Agrária; Adega Cooperativa de São Mamede da Ventosa; AdegaMãe; Quinta da Almiara; Quinta da Boa Esperança; Encosta da Vila; Adega da Murnalha; HortaFina; Queijo Saloio; Moinhos da Capucha; e Casa Benjamim.

Centenas de visitantes passaram pelo evento.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here