publicidade

Cerca de 100 pessoas participaram na ação de Mass Training em Suporte Básico de Vida (SBV), que decorreu na manhã de 28 de abril, no Parque Verde da Várzea em Torres Vedras. A sessão de treino foi ministrada pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), pela equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Torres Vedras do Centro Hospitalar do Oeste (CHOeste), e por membros dos Bombeiros Voluntários de Torres Vedras, no âmbito da iniciativa da Câmara Municipal de Torres Vedras «abril, mês da saúde».

No início da ação de Mass Training em SBV esteve presente Ana Umbelino, vereadora da Câmara Municipal de Torres Vedras, que saudou todos os intervenientes afirmando sentir-se «especialmente orgulhosa por em Torres Vedras ver tanta gente interessada em poder, do ponto de vista cívico, exercer de uma forma ativa essa sua cidadania», salientou ainda que «a intervenção imediata em situações de emergência é crucial e crítica para evitar situações futuras, que podem redundar em morte ou em graves danos para a saúde». Por parte do Conselho de Administração do CHOeste, Lurdes Ponciano, enfermeira diretora, congratulou-se com a iniciativa proposta pela VMER de Torres Vedras e agradeceu a colaboração do INEM. Reforçou que o CHOeste «está sempre disponível para colaborar com iniciativas de promoção da saúde, e de capacitação da população para prestar cuidados, neste caso, de socorro a quem deles necessitar».

Mass Training em Torres vedras

O objetivo desta sessão foi o de ensinar os participantes a atuar em situações de emergência médica, designadamente, aprender a realizar corretamente manobras de reanimação. Num primeiro momento, os participantes foram distribuídos em pequenos grupos pelos diferentes formadores. Posteriormente, foi visionado um vídeo com a demonstração das manobras de reanimação a executar. E por último, os participantes tiveram de realizar vários exercícios práticos das manobras em manequins. A participação nesta atividade foi gratuita e aberta a toda a população interessada.

Hélder Ribeiro, enfermeiro responsável pelo Centro de Formação da Delegação Regional Sul do INEM, enalteceu o «empenho e a interligação entre todas as entidades que permitiram este momento», relembrando ainda que «todas as pessoas podem fazer parte da Cadeia de Socorro, e nessa perspetiva, os gestos que salvam não podem estar na exclusiva dependência dos verdadeiros agentes de socorro». Concluindo que só assim podemos «salvaguardar um dever de cidadania para garantir o direito a ser reanimado com qualidade». 

A equipa da VMER de Torres Vedras do CHOeste, representada por Tiago Barros, médico coordenador, e Vítor Lopes, enfermeiro coordenador, faz um balanço positivo da sessão de Mass Training e destaca que «ações de formação como esta acrescentam sempre valor ao capital humano, na medida em que capacitam a população para uma abordagem diferente em situações de emergência, nomeadamente, de paragem cardiorrespiratória. Representam também um momento de cidadania ativa e conferem mais robustez à Cadeia de Sobrevivência».

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here