Projeto
publicidade

Depois 47 atividades o projeto “Juntos pela APECI e pela Associação Salvador” encerrou a sua onda solidária pelo concelho de Torres Vedras. O projeto já está a ser replicado pelo norte e centro do país.

Ao longo de nove meses o projeto “Juntos pela APECI e pela Associação Salvador” organizou várias atividades com o objetivo de angariar fundos para as duas instituições e de sensibilizar a comunidade para o respeito e inclusão das pessoas com deficiência.

Depois de 128 instituições abordadas, 47 atividades confirmadas em 36 locais diferentes, com 52 voluntários e 10 mil participantes ao longo de 187 dias de sensibilização, o projeto solidário que nasceu em Torres Vedras conseguiu angariar 5 mil euros para a APECI e 5 mil euros para a Associação Salvador”

“O próprio nome do projeto diz tudo, juntámos voluntários, empresas, instituições, pessoas, a trabalhar para um bem comum”, afirmou Tiago Duarte, responsável de comunicação e angariação da Associação Salvador, na cerimónia de encerramento do projeto, realizada ontem no auditório do edifício dos Paços do Concelho.

“Como torriense e responsável de comunicação e angariação da Associação Salvador, fiz questão de começar este projeto na minha terra e a APECI é uma instituição que merece todo o nosso apoio. Torres Vedras mostrou-se solidária mais uma vez e só tenho a agradecer”, acrescentou Tiago Duarte.

No caso da APECI o valor angariado será destinado ao lar residencial “a iniciar ainda este ano ou no início do próximo”, revelou o presidente da APECI, Eng.º Duarte Lucas, na cerimónia.

O presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Bernardes, também esteve presente na cerimónia de encerramento do projeto e agradeceu “todo o trabalho desenvolvido” garantindo que “podem contar sempre com o apoio da Câmara Municipal para este tipo de iniciativas”.

João Silva, também responsável pela angariação de fundos da Associação Salvado, entregou ao presidente Carlos Bernardes uma placa de agradecimento à Câmara Municipal de Torres Vedras.

Das 44 atividades realizadas ao longo de nove meses no concelho de Torres Vedras, a organização destaca algumas tendo em conta o impacto, em termos líquidos, que geraram: o concerto solidário na Expotorres, a caminhada noturna, o jogo solidário de futbol no estádio Manuel Marques, o espetáculo Alto e Pára o Baile e o almoço solidários do Moto Clube de Torres Vedras.

O projeto Juntos já está a ser replicado pelo norte e centro do país. Neste momento a onda solidária que nasceu em Torres Vedras está a ser espalhada por Caldas da Rainha, Santarém e Cartaxo com o objetivo de ajudar a APPACDM – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here