publicidade

Estamos em contagem decrescente para uma nova estação. Dia 20 de junho pelas 22:34 começa o verão. Este momento é conhecido como o solstício de verão. É a estação do ano mais associada a férias, praia e sol. E é aquela que normalmente mais ansiamos.

Com ela vêm também os cuidados a ter com a exposição à radiação solar. Há muito que se tornou prática comum a atenção com a pele durante a exposição ao sol com protetores solares, sejam eles fatores 20, 30 ou mesmo 50. E todos sabemos que é importante garantir que o produto que escolhemos cumpre a função pretendida para não termos surpresas escaldantes.

Os mesmos cuidados devem ser aplicados aos seus olhos. Se é no verão que a nossa pele está mais exposta à radiação solar, porque vamos mais à praia ou porque está mais calor e o corpo está mais vísivel, são muitos mais os dias de sol ao longo do ano que devem implicar uma melhor proteção dos seus olhos.

Como para a sua pele, também a proteção para os seus olhos deve cumprir a sua principal função, o filtro contra os raios Ultravioleta (UV). Uma exposição excessiva aos raios UV pode aumentar o risco de desenvolvimento de doenças oculares, como por exemplo as cataratas.

Ao contrário dos filtros solares para a pele, que assumem a forma de creme e são invisíveis ao olho humano, com exceção de algum brilho que acrescentam ao nosso “look” quando os colocamos, os filtros solares para os olhos vêem-se muito bem. Assumem a forma daquilo que todos nós conhecemos como óculos de sol.

Distinguimos os óculos de sol dos restantes óculos devido à cor da lente. Os óculos de sol tem normalmente uma lente escura, idealmente num tom neutro, como cinza ou castanho, que não alteram as cores verdadeiras.

Mas a proteção UV não vem da cor da lente e é fundamental ter presente esta distinção. Não é por as lentes serem mais claras ou mais escuras que a proteção se torna mais efetiva. A principal função da “cor” da lente é proteger contra a claridade e o brilho, apesar de poder cumprir outras funções, como realce dos contrastes, importante por exemplo na prática de alguns desportos como o golfe ou o tiro de precisão.

O fator principal que garante a proteção UV das lentes solares é a matéria, e como esta não é facilmente percebida pelo público em geral, essa proteção deve estar inscrita ou num autocolante normalmente colado na lente ou numa brochura que acompanha os óculos. Cumulativamente, essa garantia deve ser avalizada pelos locais especializados na venda de artigos oculares, as óticas.

Para além da proteção UV e proteção contra a claridade e o brilho, sabemos que os óculos de sol também se tornaram um importante acessório de moda. Algo que está no nosso rosto é algo visível para todos e que queremos que se identifique com o nosso estilo, com a nossa forma de estar. As mais famosas griffes estão no mercado dos óculos de sol, trazendo todos os anos renovadas ofertas. Fazem sempre parte das páginas de shopping, principalmente nesta altura do ano, uma ou mais propostas de óculos de sol.

Assim como na roupa ou sapatos, somos também sensíveis a tendências. Muitos de nós já usámos óculos que quase escondiam a cara toda porque foi moda nesse ano, talvez ditada pela utilização de uma ou outra figura pública ligada ao cinema, à música ou ao desporto.

Em conclusão, e admito que como técnico sou suspeito na mesma, é óbvio que temos que nos sentir bem com os Óculos de Sol que usamos, mas é fundamental que estes cumpram a sua principal função, a de proteção, particularmente contra os raios UV. Fique ainda mais bonito mas esteja protegido, pelo bem da sua saúde ocular.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.