PSD manifesta-se perante a renúncia de Sérgio Galvão
publicidade

O PSD de Torres Vedras manifesta preocupação pela instabilidade que se vive na Câmara Municipal desde que Carlos Bernardes assumiu a presidência, agora ainda mais evidente com a comunicação de que Sérgio Galvão cessará funções de Vereador a 30 de Setembro.

“Não estamos surpreendidos pela decisão de Sérgio Galvão abandonar o executivo. Tornou-se evidente que Carlos Bernardes com as suas atitudes pretendeu afastar a concorrência interna no PS e pensamos que Galvão atingiu o seu limite.”

O PSD manifesta ainda preocupação por se tratar do único membro do PS que entende de finanças. A sua saída no último ano de mandato e a personalidade deste presidente faz temer algum descontrolo das contas.

Para o PSD, Carlos Bernardes tem de explicar o porquê de tanta gente sair desde que iniciou funções como Presidente da Câmara Municipal. Recordamos que primeiro foi no SMAS, a seguir foi a mudança dos 3 administradores da Promotorres, a que se seguiu à do respetivo Diretor de Produção, agora é o Vereador com o pelouro financeiro.

“Por muito difícil que seja trabalhar com este presidente, apelamos ao espírito de missão e serviço público de todos e desejamos que não haja mais saídas. Em 2017 estamos convicto que a instabilidade que se vive terminará e sob a liderança do PSD haverá rumo, estratégia e coesão.”

Por fim, o PSD destaca o bom relacionamento mantido com Sérgio Galvão durante estes anos, desejando-lhe os maiores sucessos no novo desafio que irá abraçar.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.