Quatro detidos num desmantelamento de rede de tráfico de drogas em Torres Vedras
publicidade

Foram apreendidos 68 doses de haxixe e 26 doses de heroína. Três homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 30 e os 60 anos, foram detidos.

O Comando Territorial de Lisboa, através do Núcleo de Investigação Criminal de Torres Vedras, no dia 4 de julho, deteve quatro pessoas por tráfico de estupefacientes, em Torres Vedras.

A investigação por tráfico de estupefacientes, que decorria há cerca de seis meses, visava um grupo de indivíduos que atuava em rede e de forma organizada, na venda e distribuição de produtos estupefacientes naquele concelho. Os militares apuraram que os revendedores eram quatro pessoas, três homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 30 e os 60 anos, e que, para além do tráfico de estupefacientes, nomeadamente heroína e haxixe, também se dedicavam à compra e venda ilegal de metadona.

No âmbito da operação foram cumpridos quatro mandados de detenção fora de flagrante delito e oito mandados de busca, das quais quatro domiciliárias e quatro não domiciliárias, culminando na apreensão de: 68 doses de haxixe; 45 embalagens de metadona; 26 doses de heroína; 1 330 euros em numerário; 73 munições de diferentes calibres; Três viaturas ligeiras; 13 telemóveis; Três computadores portáteis; Uma pistola; Uma espingarda de ar comprimido com mira telescópica; Uma balança de precisão; Uma moto 4; Um motociclo;
Um tablet; Diversos documentos comprovativos de transações financeiras; Vários equipamentos e materiais para corte e acondicionamento de produto estupefaciente.

Os quatro detidos, na sua maioria com antecedentes criminais relacionado com o mesmo tipo de crime, estiveram presentes, no dia 5 de julho, no Tribunal Judicial de Torres Vedras.

Esta operação, empenhou 30 militares de diversas valências do Comando Territorial de Lisboa, do Grupo de Intervenção de Ordem Pública, do Grupo de Intervenção de Operações Especiais e do Grupo de Intervenção Cinotécnico.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here