publicidade

Por ocasião da comemoração do Dia Mundial do Ambiente, a Câmara Municipal de Torres Vedras dinamizou a “Quinzena do Ambiente”, entre 4 e 18 de junho, um programa que contemplou um conjunto de atividades de sensibilização para a importância do ambiente e da sustentabilidade.

O Dia Mundial do Ambiente, celebrado a 5 de junho, foi assinalado com a realização da Caminhada aos Cucos e Vale Escuro, que pretendeu sensibilizar os 47 participantes para a importância da conservação do património natural e da biodiversidade, e ao mesmo tempo promover a atividade física ao ar livre. Neste dia, decorreu também a inauguração da iniciativa Torres Vedras +Verde | Jardim à varanda, no Mercado Municipal de Torres Vedras, que teve como objetivo contribuir para uma cidade mais verde, tendo em conta o papel das plantas enquanto uma das principais fontes de retenção de dióxido de carbono.

No Dia Mundial dos Oceanos, 8 de junho, realizou-se a conferência “O mar que me/te inspira”, no âmbito do programa “Bandeira Azul”, que contou com a intervenção de um conjunto de cidadãos locais que, através da sua relação com o mar, alertaram para a necessidade urgente de mudança de comportamentos individuais e coletivos, em benefício da preservação dos oceanos. Este evento contou com a presença de 27 participantes em representação de quatro escolas do Concelho.

A “Quinzena do Ambiente” incluiu, também, várias ações de limpeza e conservação dos ecossistemas. No dia 4 de junho decorreu uma ação de voluntariado ambiental na Praia Azul, na qual estiveram sete participantes que removeram espécies invasoras dos sistemas dunares e recolheram lixo. No dia seguinte, o Rio Alcabrichel também foi alvo de uma limpeza realizada de caiaque, uma atividade que contou com 20 participantes.

asda

Neste âmbito, realizou-se a atividade Costa Viva, dirigida à comunidade escolar. Consistiu em ações de limpeza em seis praias do litoral torriense, envolvendo a participação de 260 alunos e professores dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do ensino secundário da Escola Básica 2,3 da Freiria, da Escola Básica Integrada Padre Francisco Soares, do Externato de Penafirme, da Escola Básica 2,3 do Maxial, da Escola Padre Vítor Melícias e da Escola Profissional Agrícola Fernando Barros Leal.

O programa da “Quinzena do Ambiente” incluiu, ainda, o workshop de desodorizante e creme sólido, no dia 4 de junho, com 13 participantes; o workshop de fotografia no litoral, no dia 11 de junho, com 10 participantes; e a atividade “Borboletas Noturnas da Paisagem Protegida Local das Serras do Socorro e Archeira”, no dia 18 de junho, com 10 participantes.  

As exposições “Desenhos dos alunos do projeto EMC2 2021/2022” e “Posters e ilustrações científicas | O ouriço-do-mar e o oceano” patentes no Centro de Educação Ambiental até 15 de setembro também integraram o programa, bem como o Centro Azul, instalado no Centro de Educação Ambiental, durante a época balnear, com o objetivo de prestar informações sobre o programa “Bandeira Azul”.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here