publicidade

A iniciativa visa controlar o pisoteio em zonas críticas, bem como reforçar a base das dunas.

No âmbito do projeto “Recuperação e valorização ecológica da Praia Azul”, foram colocados regeneradores de dunas ao longo do sistema dunar daquela praia. As estruturas em madeira, instaladas no início deste ano, permitem reforçar a base das dunas e controlar o pisoteio em zonas críticas.

Com a construção do passadiço que liga a Praia Azul ao areal da Praia da Foz foi desenvolvido o projeto “Recuperação e valorização ecológica da Praia Azul” cuja primeira fase consistiu na instalação dos regeneradores. A próxima fase deste projeto passa pela plantação de espécies dunares autóctones na zona onde foram colocados os regeneradores.

Antes do início da época balnear de 2023, a vedação que delimita a duna na Praia da Foz, também, será substituída.

Recorde-se que, nos últimos anos, foram realizadas várias ações de conservação da natureza na Praia Azul, com o objetivo de reforçar as funções de estabilização, o restauro ecológico natural e a valorização do enquadramento natural e paisagístico desta área. A remoção de espécies exóticas, a plantação de espécies dunares e a construção de passadiços sobrelevados foram algumas das intervenções que permitiram criar condições para a regeneração dos sistemas dunares desta praia.

publicidade

Artigo anteriorMunícipes torrienses são convidados a fotografar a biodiversidade do seu litoral
Próximo artigoGarrafeira Venceslau promove 51.ª Edição de Quartas à Prova
Redação
O TORRES VEDRAS WEB é um website de informação, notícias e recursos sobre a cidade, concelho de Torres Vedras e da atualidade em geral. A tua cidade online!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui