publicidade

Num total de 10 propostas apresentadas em plenário, duas foram aprovadas.

Decorreu ontem, 2 de Maio, a primeira sessão de participação do Orçamento Participativo da Câmara Municipal de Torres Vedras no Centro de Cultura e Animação de Campelos.

Na sessão da União das Freguesias de Campelos e Outeiro da Cabeça foram apresentadas 10 propostas, em quatro mesas, sendo oito propostas apresentadas em plenário e duas propostas aprovadas (com um total de 60 votos apurados).

A primeira proposta votada e aprovada em plenário final foi sugerida por Rosária Silvestre e tem como título “Substituição do telhado da Associação Desportiva, Recreativa e Cultural da Cabeça Gorda”. Contabilizou um total de 18 votos.

A segunda proposta aprovada diz respeito à possibilidade de tornar o Centro de Cultura e Animação de Campelos acessível a todos. É uma proposta de Carla Neto e foram contabilizados também 18 votos.

As duas propostas aprovadas serão sujeitas a avaliação técnica, no período de 16 Junho a 15 Julho de 2018, e, se passarem na avaliação técnica, integrarão a listagem de propostas que irão a votação final. Entre 14 de Setembro e 4 de Outubro de 2018 decorrerá a votação final e a inclusão no Orçamento da Câmara Municipal.

Algumas da propostas apresentadas nas mesas foram alvo de junção em plenário pela sua similaridade.

A Câmara Municipal de Torres Vedras realiza pela 3.ª vez o Orçamento Participativo (OP), iniciativa pela qual os munícipes de Torres Vedras propõem, discutem e elegem projectos que a autarquia concretizará. À 3ª Edição do OP é atribuído o montante de €250 000 para financiar os projectos, de diversas áreas de intervenção, que os cidadãos elegerem como prioritários.

Qualquer eleitor recenseado no território municipal pode e deve apresentar as suas propostas, em sessões de participação que acontecerão até 13 de Junho, em todas as freguesias do concelho.

 

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here